Veja 12 filmes de vampiro que todo mundo deveria assistir ao menos uma vez

Veja 12 filmes de vampiro que todo mundo deveria assistir ao menos uma vez
photo_2023-04-04_18-01-39

 [[{“value”:”Clássicos do gênero de vampiros como Nosferatu, Entrevista com o Vampiro e Drácula de Bram Stocker estão presentes em streamings como Prime Video e HBO Max; confira lista completa Os filmes de vampiros são bastante populares entre o público, seja por retratar personagens sedutores ou criaturas violentas sedentas por sangue. Muitas vezes, eles são peças centrais em gênero de terror, como acontece em 30 Dias de Noite. Os sugadores de sangue também foram como seres malignos como em Nosferato, mas em outras obras, como Entrevista com o Vampiro e Drácula de Bram Stocker, o que saltava aos olhos do público era a elegância.
Com diversas opções que variam entre gênero e abordagem, o TechTudo fez uma lista com filmes sobre as criaturas que vale a pena assistir ao menos uma vez. Você encontra essas obras em plataformas de streaming como Amazon Prime Video, HBO Max, Netflix, Apple TV+, dentre outras. Em cada item, há informações sobre a produção como enredo, repercussão e elenco. Veja, a seguir.
🎬 Conheça 15 filmes amados pelo público, mas que a crítica detesta
🔔 Canal do TechTudo no WhatsApp: acompanhe as principais notícias, tutoriais e reviews
Drácula de Bram Stocker é um clássico do cinema
Divulgação/IMDb
📝 Como rodar serviços de streaming em um PC antigo? Saiba no Fórum do TechTudo
1. Entrevista com o Vampiro (1994)
Antes mesmo de Edward Cullen (Crepúsculo), outros dois vampiros já tinham feito sucesso com o público feminino: Louis de Pointe du Lac e Lestat de Lioncurt, de Entrevista com o Vampiro. No longa, que é uma adaptação do livro homônimo de Anne Rice, conhecemos a história dos dois vampiros centenários através de um jornalista que começa a entrevistar Louis. Logo a história épica cheia de romances, ódio, traições e aventuras começa a se revelar. O filme está disponível no catálogo do Amazon Prime Video.
Brad Pitt (Tem Bala) e Tom Cruise (Missão Impossível) estrelaram o clássico ao lado de Antônio Bandeiras (Zorro) e Kirsten Dust (Homem Aranha). Com direção de Neil Jordan, o longa levou prêmios em festivais grandiosos como BAFTA, conquistando Melhor Fotografia e Melhor Produção de Design, além de ter sido indicado ao Oscar de Melhor Direção de Arte e Melhor Música Original. Entrevista com o Vampiro se tornou um clássico do gênero que também conquistou o público, que lhe rendeu uma nota 7,5 no IMDb. Já no Rotten os críticos foram mais exigentes conferindo apenas 63% de aprovação.
Kristen Dust, Brad Pitt e Tom Cruise protagonizam o clássico
Divulgação/IMDb
2. El Conde (2023)
El Conde é uma produção original da Netflix do gênero comédia que mistura fantasia e realidade ao contar a história do ex-presidente chileno, Augusto Pinochet, como sendo um vampiro cansado da vida e cujo o último desejo é morrer. No longa, o nome verdadeiro do Conde é Claude Pinoche, e sua história começa, na verdade, durante a Revolução Francesa.
El Conde é um filme espanhol que traz em seu elenco Jaime Vadell (O Clube), que atuou ao lado de Gloria Münchmeyer (A Lua no Espelho) e Alfedro Castro (O Clube), além do diretor Pablo Larraín, também conhecido por seu trabalho como produtor no filme Spencer. Além da indicação ao Oscar na categoria de Melhor Fotografia, o sucesso entre os críticos fica evidente também com a aprovação de 82%, conquistando seu selo de “Fresh” no tomatômetro. Com o público o resultado foi outro, mas ainda positivo referente a nota 6,4 no IMDb.
Jaime Vadell é Pinochet em El Conde
Divulgação/Rotten Tomatoes
3. 30 Dias de Noite (2007)
Nem todos os vampiros são elegantes e reflexivos a respeito de sua irmotalidade – alguns obedecem somente ao instinto mais primitivo sem se importar com mais nada, nem ninguém. Esse é o caso da gangue de vampiros violentos e sedentos por sangue do filme 30 Dias de Noite. No longa, eles têm o alvo perfeito: moradores remanescentes de uma cidade do Alasca que fica no escuro por um mês. O filme está disponível para assinantes da Netflix.
O terror é uma obra de David Slade, responsável pela direção de outro título de vampiros amado, A Saga Crepúsculo: Eclipse (Netflix). No elenco, Josh Harnett (Xeque-Mate), Melissa George (Hunted) e Danny Huston (O Jardineiro Fiel) são os atores principais. O longa pareceu entregar o que prometia ao público sem muitas faltas, já que foi avaliado com 6,6 no IMDb, mas para o consenso do Rotten “Embora 30 Dias de Noite ofereça algumas emoções, ele acaba sucumbindo à execução errática”. A produção acabou conquistando apenas 51% da crítica.
30 Dias de Noite é um filme de terror disponível na Netflix
Divulgação/IMDb
4. Um Drink no Inferno (1996)
Era de se esperar que criaturas sanguinárias fossem abordadas de um jeito mais trash em algum momento. O cenário de Um Drink no Inferno é preenchido por morcegos, vampiros pelos ares e plasma. Na história, dois fugitivos perigosos estão em sua rota de fuga direcionada à fronteira com o México, mas decidem parar no que supostamente seria o melhor lugar para satisfazer seus prazeres. Mas o prostíbulo se revela um terreno dominado por vampiros que tornará a noite um desafio, mesmo para assassinos experientes. O filme está disponível para aluguel pelo Apple TV+.
Talvez essa não seja a obra mais conhecida de Tarantino (Era Uma Vez em Hollywood), mas definitivamente traz sua assinatura no roteiro, além colocá-lo como um dos protagonistas ao lado de nomes conhecidos como George Clooney (Tudo pelo Poder), Harvey Keitel (Cães de Alugue), Juliette Lewis (Cabo do Medo) e Salma Hayek (Frida). Para o consenso da crítica no Rotten o longa “é um filme ‘B’ irregular, mas muitas vezes delirantemente agradável”, ele acumula 63% de aprovação no tomatômetro e nota 7,2 no IMDb.
Salma Hayek no longa Um Drink no Inferno
Divulgação/IMDb
5. Nosferatu (1922)
Nosferatu é nativo do cinema mudo e preto e branco, e é conhecido por criar uma atmosfera de terror sem utilizar musicas de tensão e jump scare. Na trama, a criatura Nosferatu é apresentada como um excêntrico comprador procurando uma casa isolada. O agente imobiliário Hutter, então, é enviado para atendê-lo, só não esperava estar mandando um vampiro maligno para sua cidade natal, e mais especificamente para a casa na mesma vizinhança em que sua esposa o aguarda. O longa pode ser assistido na plataforma de streaming do Looke.
Max Schreck (Rasputin e as Mulheres), Alexander Granach (Os Carrascos Também Morrem), Gustav von Wangenheim (A Mulher na Lua) e Greta Schröder (A Rainha Vitória) formam o elenco principal dirigido por F.W. Murnau (Aurora). Já o roteiro ficou a cargo do próprio Bram Stoker, autor de Drácula, e Henrik Galeen (Der Golem).
A obra é conhecida e rememorada até hoje por sua contribuição histórica para o gênero. Aliás, Nosferato já foi readaptado algumas vezes, e tem, inclusive, uma adaptação prevista para esse ano inclusive. No Rotten Tomatoes, além da aprovação de 97% o consenso da crítica aponta o filme como “uma das obras-primas mais influentes da era muda”. Para o público, a aprovação chegou a 7,9 no IMDb.
Nosferatu é um dos grandes clássicos do movimento de Expressionismo Alemão do cinema
Divulgação/Prana-Film
6. Amantes Eternos (2013)
Amantes Eternos entrega exatamente a paixão melancólica e imortal que um relacionamento entre vampiros deveria ter. Assim como antigos amantes podem ir e voltar em suas relações, vampiros também o fazem, mas com pausas um pouco mais longas. Na trama, depois de finalmente se recontrarem, Eve e Adam devem superar muitas barreiras para engrenar sua relação. Entre elas, a frustração em relação ao mundo moderno e a irmã caçula de Eve, que se mostra uma vampira complicada. O romance está disponível No Prime Video, Paramount+ e Mubi.
Para a obra de Jim Jarmusch (Paterso) foram escolhidos Tilda Swinton (Precisamos Falar Sobre Kevin) e Tom Hiddleston (Thor) que receberam elogios da crítica por sua performance como o casal principal, além deles a atriz Mia Wasikowska (Alice no País das Maravilhas) também faz parte do elenco principal. Amantes Eternos foi premiado em Cannes por sua trilha sonora e recebeu 7,2 do IMDb. Para o consenso do Rotten, o longa não só é digno de um selo “Fresh” com 86% de aprovação, como também representa “uma entrada excêntrica do diretor ao gênero de vampiros”.
Amantes Eternos é um romance dramático que aborda a temática de vampiros
Divulgação/IMDb
7. O Que Fazemos nas Sombras (2014)
Caso fosse possível produzir um reality show com vampiros de verdade, o resultado seria algo parecido com O Que Fazemos nas Sombras. A premissa dessa comédia é justamente retratar o cotidiano de quatro vampiros clássicos dentro do estereótipo, tentando se adaptar ao estilo de vida moderno sem deixar os costumes vampirescos de lado. Por meio de um grupo de cinegrafistas documentais, conhecemos a convivência, hábitos e gostos de Vladislav, Viago, Deacon e a criatura Nosferatu. Para assistir, é necessário ser assinante do Looke ou Mubi.
“Mais inteligente, fresco e engraçado do que um filme de vampiro moderno tem o direito de ser” foram as palavras usadas por Jemaine Clement (MIB: Homens de Preto III) e Taika Waititi (Jojo Rabbit) para definir o filme. Ambos os criadores também fizeram parte do elenco, integrado por Cori Gonzalez-Macuer (Loucos por Nada), Jonny Brugh (The Paragon) e Stu Rutherford (Loucos por Nada). O filme foi bem avaliado em ambas as principais plataformas, deixando claro o sucesso entre público e crítica com sua nota 7,6 no IMDb e o impressionante marco de 96% de aprovação dos especialistas do Rotten.
O Que Fazemos nas Sombras é protagonizado por Taika Waititi, Jemaine Clement, e Jonny Brugh
Divulgação/IMDb
8. Infectado (2013)
Muitas coisas podem dar errado em uma viagem entre amigos pelo mundo, no entanto, talvez o menos esperado seria que um companheiro de viagem começasse a apresentar sinais de um comportamento estranho. Esse é exatamente o infortúnio de Clif e Derek, cuja jornada que deveria ser a de suas vidas, se torna sombria e desesperadora quando um deles é atingido por uma doença que se espalha rápido e logo o tomará por completo. O longa de terror pode ser alugado pelo Apple TV+.
Os diretores e roteiristas da trama Derek Lee (The Shell) e Clif Prowse (The Shell) utilizaram os próprios nomes para os protagonistas que ambos interpretam. Infectado rendeu algumas indicações, e até mesmo foi vencedor no Festival de Cinema Stiges na categoria de Melhores Efeitos Especiais. Para um filme, que segundo os críticos do Rotten, cumpre “muitos clichés”, a aprovação de 83% concedida foi mais que proveitosa, além de ter ido na contramão à nota do IMDb que foi apenas de 6,2.
Infectado está disponível para aluguel no Apple TV Plus
Divulgação/IMDb
9. Blade (1998)
Com roupas de couro, espadas, armas e câmera lenta, Blade é uma produção digna de um caçador de vampiros. O personagem cultiva o ódio pelas criaturas malignas desde que sua mãe foi morta por um deles. Agora, o mestiço de humano e vampiro está a caça do responsável, eliminando pelo caminho qualquer um que represente um grande risco para raça humana. Blade está disponível para assinantes da HBO Max.
O filme é uma adaptação dos quadrinhos da Marvel, e se tornou uma referência para outros longas de vampiros lutadores que vieram após, como Anjos da Noite (2003). A direção foi trabalho de Stephen Norrington. Jáno elenco ficaram Wesley Snipes (O Demolidor), Stephen Dorff (Um Lugar Qualquer), Kris Kristofferson (O Troco) e N’Bushe Wright (Ambição em Alta Voltagem). Para os especialistas do Rotten apesar de “ser uma ação feroz” e que cumpre seu papel como adaptação, o longa a aprovação de 53%. Mas fez sucesso entre o público, que lhe concedeu 7,1 no IMDb.
Blade está disponível no catálogo da HBO Max
Divulgação/IMDb
10. Drácula de Bram Stocker (1992)
Enfim, o vampiro mais conhecido de todos. Drácula é um personagem reproduzido e reencenado que já apareceu em diversas histórias e de muitas formas, mas nunca deixando de ser o mestre do terror. Nesta versão, o Conde Drácula está em busca da mulher que acha ser sua antiga amada, por quem é apaixonado desde que era um mortal. Toda a Inglaterra, no entanto, está em seu caminho, sendo um enorme alvo para estragos. A produção pode ser alugada pelo Apple TV+.
Além da direção de Francis Ford Coppola, conhecido por seu trabalho em O Poderoso Chefão, a obra também conta com um elenco de estrelas: Gary Oldman (Batman o Cavaleiro das Trevas), Winona Ryder (Adoráveis Mulheres), Anthony Hopkins (O Silêncio dos Inocentes) e Keanu Reeves (John Wick). Drácula de Bram Stocker saiu do Oscar levando três estatuetas por sua produção técnica em maquiagem, figurino e som e conquistou seu selo de tomate fresco no tomatômetro com 78% de aprovação. No IMDb a obra alcançou 7,4.
Keanu Reeves é um dos atores principais de Drácula de Bram Stocker
Divulgação/IMDb
11. Garota Sombria Caminha pela Noite (2014)
Nem todo herói usa capa – e alguns bebem sangue. Na trama, a garota caminhando sozinha pela noite não é a vítima, mas uma vampira perigosa que não hesita em matar. Em suas caminhadas solitárias pela cidade iraniana Bad City, a protagonista encontra todo o tipo de depravação que uma cidade mergulhada em prostituição e vícios pode ter, e assume um papel de justiceira indo atrás dos mais sórdidos. Suas caçadas, no entanto, são interrompidas por uma súbita paixão incomum. O longa está disponível no catálogo do Mubi.
A história dirigida e roteirizada por Ana Lily Amirpour (Amores Canibais) vencedora do prêmio Stiges como Melhor Diretora Revelação, tem a estética de um filme cult com suas cenas emblemáticas e filtro preto e branco, além de ser parte do catálogo da plataforma que tem como premissa exibir filmes do gênero. No elenco, estão Sheila Vand (Argo), Arash Marandi (Luciérnagas), Marshall Manesh (O Grande Lebowski), Mozhan Navabi além da própria Ana Lily. Garota Sombria Caminha pela Noite é mais um filme dessa lista certificado (Tomate Fresco) pelo RT, e soma ao total 96% de aprovação, enquanto no IMDb sua nota é 6,9.
O longa é um filme preto e branco disponível no Mubi
Divulgação/IMDb
12 – Bônus: Thirst (2009)
Apesar de não estar em nenhum streaming, não há como não citar Thirst. No enredo do filme coreano, o vampirismo é um fator corruptivo para a vida de um padre amado por sua comunidade. Ao ser transformado acidentalmente em vampiro, acaba cedendo as imoralidades que jurou nunca cometer. Suas ações incluem começar um caso com a esposa do próprio amigo, resta saber se ele abandonará totalmente sua vocação.
Considerado “elegante” pelos críticos do Rotten o longa de Park Chan-wook (Oldboy) é uma produção coreana que recebeu alguns prêmios, incluindo o de Melhor Diretor pelo festival de Cannes. O elenco escolhido inclui Song Kang-ho (Memórias de um Assassino), Kim Ok-bin (Yoonaui Geori), Choi Hee-jin (Lady Vingança) e Seo Dong-soo (O Compromisso). Também conhecido como Sede de Sangue, o filme de Park conquistou aprovação de 81% dos especialistas, e 7,1 do público no IMDb.
Thrist ou Sede de Sangue não está disponível em nenhum streaming
Divulgação/IMDb
Com informações de Rotten Tomatoes, IMDb, HBO Max, Netflix e JustWatch.
🎥 HBO Max: tudo que você precisa saber
HBO MAX: TUDO QUE VOCÊ PRECISA SABER!
Saiba mais
Initial plugin text”}]] [[{“value”:”
Clássicos do gênero de vampiros como Nosferatu, Entrevista com o Vampiro e Drácula de Bram Stocker estão presentes em streamings como Prime Video e HBO Max; confira lista completa Os filmes de vampiros são bastante populares entre o público, seja por retratar personagens sedutores ou criaturas violentas sedentas por sangue. Muitas vezes, eles são peças centrais em gênero de terror, como acontece em 30 Dias de Noite. Os sugadores de sangue também foram como seres malignos como em Nosferato, mas em outras obras, como Entrevista com o Vampiro e Drácula de Bram Stocker, o que saltava aos olhos do público era a elegância.
Com diversas opções que variam entre gênero e abordagem, o TechTudo fez uma lista com filmes sobre as criaturas que vale a pena assistir ao menos uma vez. Você encontra essas obras em plataformas de streaming como Amazon Prime Video, HBO Max, Netflix, Apple TV+, dentre outras. Em cada item, há informações sobre a produção como enredo, repercussão e elenco. Veja, a seguir.
🎬 Conheça 15 filmes amados pelo público, mas que a crítica detesta
🔔 Canal do TechTudo no WhatsApp: acompanhe as principais notícias, tutoriais e reviews
Drácula de Bram Stocker é um clássico do cinema
Divulgação/IMDb
📝 Como rodar serviços de streaming em um PC antigo? Saiba no Fórum do TechTudo
1. Entrevista com o Vampiro (1994)
Antes mesmo de Edward Cullen (Crepúsculo), outros dois vampiros já tinham feito sucesso com o público feminino: Louis de Pointe du Lac e Lestat de Lioncurt, de Entrevista com o Vampiro. No longa, que é uma adaptação do livro homônimo de Anne Rice, conhecemos a história dos dois vampiros centenários através de um jornalista que começa a entrevistar Louis. Logo a história épica cheia de romances, ódio, traições e aventuras começa a se revelar. O filme está disponível no catálogo do Amazon Prime Video.
Brad Pitt (Tem Bala) e Tom Cruise (Missão Impossível) estrelaram o clássico ao lado de Antônio Bandeiras (Zorro) e Kirsten Dust (Homem Aranha). Com direção de Neil Jordan, o longa levou prêmios em festivais grandiosos como BAFTA, conquistando Melhor Fotografia e Melhor Produção de Design, além de ter sido indicado ao Oscar de Melhor Direção de Arte e Melhor Música Original. Entrevista com o Vampiro se tornou um clássico do gênero que também conquistou o público, que lhe rendeu uma nota 7,5 no IMDb. Já no Rotten os críticos foram mais exigentes conferindo apenas 63% de aprovação.
Kristen Dust, Brad Pitt e Tom Cruise protagonizam o clássico
Divulgação/IMDb
2. El Conde (2023)
El Conde é uma produção original da Netflix do gênero comédia que mistura fantasia e realidade ao contar a história do ex-presidente chileno, Augusto Pinochet, como sendo um vampiro cansado da vida e cujo o último desejo é morrer. No longa, o nome verdadeiro do Conde é Claude Pinoche, e sua história começa, na verdade, durante a Revolução Francesa.
El Conde é um filme espanhol que traz em seu elenco Jaime Vadell (O Clube), que atuou ao lado de Gloria Münchmeyer (A Lua no Espelho) e Alfedro Castro (O Clube), além do diretor Pablo Larraín, também conhecido por seu trabalho como produtor no filme Spencer. Além da indicação ao Oscar na categoria de Melhor Fotografia, o sucesso entre os críticos fica evidente também com a aprovação de 82%, conquistando seu selo de “Fresh” no tomatômetro. Com o público o resultado foi outro, mas ainda positivo referente a nota 6,4 no IMDb.
Jaime Vadell é Pinochet em El Conde
Divulgação/Rotten Tomatoes
3. 30 Dias de Noite (2007)
Nem todos os vampiros são elegantes e reflexivos a respeito de sua irmotalidade – alguns obedecem somente ao instinto mais primitivo sem se importar com mais nada, nem ninguém. Esse é o caso da gangue de vampiros violentos e sedentos por sangue do filme 30 Dias de Noite. No longa, eles têm o alvo perfeito: moradores remanescentes de uma cidade do Alasca que fica no escuro por um mês. O filme está disponível para assinantes da Netflix.
O terror é uma obra de David Slade, responsável pela direção de outro título de vampiros amado, A Saga Crepúsculo: Eclipse (Netflix). No elenco, Josh Harnett (Xeque-Mate), Melissa George (Hunted) e Danny Huston (O Jardineiro Fiel) são os atores principais. O longa pareceu entregar o que prometia ao público sem muitas faltas, já que foi avaliado com 6,6 no IMDb, mas para o consenso do Rotten “Embora 30 Dias de Noite ofereça algumas emoções, ele acaba sucumbindo à execução errática”. A produção acabou conquistando apenas 51% da crítica.
30 Dias de Noite é um filme de terror disponível na Netflix
Divulgação/IMDb
4. Um Drink no Inferno (1996)
Era de se esperar que criaturas sanguinárias fossem abordadas de um jeito mais trash em algum momento. O cenário de Um Drink no Inferno é preenchido por morcegos, vampiros pelos ares e plasma. Na história, dois fugitivos perigosos estão em sua rota de fuga direcionada à fronteira com o México, mas decidem parar no que supostamente seria o melhor lugar para satisfazer seus prazeres. Mas o prostíbulo se revela um terreno dominado por vampiros que tornará a noite um desafio, mesmo para assassinos experientes. O filme está disponível para aluguel pelo Apple TV+.
Talvez essa não seja a obra mais conhecida de Tarantino (Era Uma Vez em Hollywood), mas definitivamente traz sua assinatura no roteiro, além colocá-lo como um dos protagonistas ao lado de nomes conhecidos como George Clooney (Tudo pelo Poder), Harvey Keitel (Cães de Alugue), Juliette Lewis (Cabo do Medo) e Salma Hayek (Frida). Para o consenso da crítica no Rotten o longa “é um filme ‘B’ irregular, mas muitas vezes delirantemente agradável”, ele acumula 63% de aprovação no tomatômetro e nota 7,2 no IMDb.
Salma Hayek no longa Um Drink no Inferno
Divulgação/IMDb
5. Nosferatu (1922)
Nosferatu é nativo do cinema mudo e preto e branco, e é conhecido por criar uma atmosfera de terror sem utilizar musicas de tensão e jump scare. Na trama, a criatura Nosferatu é apresentada como um excêntrico comprador procurando uma casa isolada. O agente imobiliário Hutter, então, é enviado para atendê-lo, só não esperava estar mandando um vampiro maligno para sua cidade natal, e mais especificamente para a casa na mesma vizinhança em que sua esposa o aguarda. O longa pode ser assistido na plataforma de streaming do Looke.
Max Schreck (Rasputin e as Mulheres), Alexander Granach (Os Carrascos Também Morrem), Gustav von Wangenheim (A Mulher na Lua) e Greta Schröder (A Rainha Vitória) formam o elenco principal dirigido por F.W. Murnau (Aurora). Já o roteiro ficou a cargo do próprio Bram Stoker, autor de Drácula, e Henrik Galeen (Der Golem).
A obra é conhecida e rememorada até hoje por sua contribuição histórica para o gênero. Aliás, Nosferato já foi readaptado algumas vezes, e tem, inclusive, uma adaptação prevista para esse ano inclusive. No Rotten Tomatoes, além da aprovação de 97% o consenso da crítica aponta o filme como “uma das obras-primas mais influentes da era muda”. Para o público, a aprovação chegou a 7,9 no IMDb.
Nosferatu é um dos grandes clássicos do movimento de Expressionismo Alemão do cinema
Divulgação/Prana-Film
6. Amantes Eternos (2013)
Amantes Eternos entrega exatamente a paixão melancólica e imortal que um relacionamento entre vampiros deveria ter. Assim como antigos amantes podem ir e voltar em suas relações, vampiros também o fazem, mas com pausas um pouco mais longas. Na trama, depois de finalmente se recontrarem, Eve e Adam devem superar muitas barreiras para engrenar sua relação. Entre elas, a frustração em relação ao mundo moderno e a irmã caçula de Eve, que se mostra uma vampira complicada. O romance está disponível No Prime Video, Paramount+ e Mubi.
Para a obra de Jim Jarmusch (Paterso) foram escolhidos Tilda Swinton (Precisamos Falar Sobre Kevin) e Tom Hiddleston (Thor) que receberam elogios da crítica por sua performance como o casal principal, além deles a atriz Mia Wasikowska (Alice no País das Maravilhas) também faz parte do elenco principal. Amantes Eternos foi premiado em Cannes por sua trilha sonora e recebeu 7,2 do IMDb. Para o consenso do Rotten, o longa não só é digno de um selo “Fresh” com 86% de aprovação, como também representa “uma entrada excêntrica do diretor ao gênero de vampiros”.
Amantes Eternos é um romance dramático que aborda a temática de vampiros
Divulgação/IMDb
7. O Que Fazemos nas Sombras (2014)
Caso fosse possível produzir um reality show com vampiros de verdade, o resultado seria algo parecido com O Que Fazemos nas Sombras. A premissa dessa comédia é justamente retratar o cotidiano de quatro vampiros clássicos dentro do estereótipo, tentando se adaptar ao estilo de vida moderno sem deixar os costumes vampirescos de lado. Por meio de um grupo de cinegrafistas documentais, conhecemos a convivência, hábitos e gostos de Vladislav, Viago, Deacon e a criatura Nosferatu. Para assistir, é necessário ser assinante do Looke ou Mubi.
“Mais inteligente, fresco e engraçado do que um filme de vampiro moderno tem o direito de ser” foram as palavras usadas por Jemaine Clement (MIB: Homens de Preto III) e Taika Waititi (Jojo Rabbit) para definir o filme. Ambos os criadores também fizeram parte do elenco, integrado por Cori Gonzalez-Macuer (Loucos por Nada), Jonny Brugh (The Paragon) e Stu Rutherford (Loucos por Nada). O filme foi bem avaliado em ambas as principais plataformas, deixando claro o sucesso entre público e crítica com sua nota 7,6 no IMDb e o impressionante marco de 96% de aprovação dos especialistas do Rotten.
O Que Fazemos nas Sombras é protagonizado por Taika Waititi, Jemaine Clement, e Jonny Brugh
Divulgação/IMDb
8. Infectado (2013)
Muitas coisas podem dar errado em uma viagem entre amigos pelo mundo, no entanto, talvez o menos esperado seria que um companheiro de viagem começasse a apresentar sinais de um comportamento estranho. Esse é exatamente o infortúnio de Clif e Derek, cuja jornada que deveria ser a de suas vidas, se torna sombria e desesperadora quando um deles é atingido por uma doença que se espalha rápido e logo o tomará por completo. O longa de terror pode ser alugado pelo Apple TV+.
Os diretores e roteiristas da trama Derek Lee (The Shell) e Clif Prowse (The Shell) utilizaram os próprios nomes para os protagonistas que ambos interpretam. Infectado rendeu algumas indicações, e até mesmo foi vencedor no Festival de Cinema Stiges na categoria de Melhores Efeitos Especiais. Para um filme, que segundo os críticos do Rotten, cumpre “muitos clichés”, a aprovação de 83% concedida foi mais que proveitosa, além de ter ido na contramão à nota do IMDb que foi apenas de 6,2.
Infectado está disponível para aluguel no Apple TV Plus
Divulgação/IMDb
9. Blade (1998)
Com roupas de couro, espadas, armas e câmera lenta, Blade é uma produção digna de um caçador de vampiros. O personagem cultiva o ódio pelas criaturas malignas desde que sua mãe foi morta por um deles. Agora, o mestiço de humano e vampiro está a caça do responsável, eliminando pelo caminho qualquer um que represente um grande risco para raça humana. Blade está disponível para assinantes da HBO Max.
O filme é uma adaptação dos quadrinhos da Marvel, e se tornou uma referência para outros longas de vampiros lutadores que vieram após, como Anjos da Noite (2003). A direção foi trabalho de Stephen Norrington. Jáno elenco ficaram Wesley Snipes (O Demolidor), Stephen Dorff (Um Lugar Qualquer), Kris Kristofferson (O Troco) e N’Bushe Wright (Ambição em Alta Voltagem). Para os especialistas do Rotten apesar de “ser uma ação feroz” e que cumpre seu papel como adaptação, o longa a aprovação de 53%. Mas fez sucesso entre o público, que lhe concedeu 7,1 no IMDb.
Blade está disponível no catálogo da HBO Max
Divulgação/IMDb
10. Drácula de Bram Stocker (1992)
Enfim, o vampiro mais conhecido de todos. Drácula é um personagem reproduzido e reencenado que já apareceu em diversas histórias e de muitas formas, mas nunca deixando de ser o mestre do terror. Nesta versão, o Conde Drácula está em busca da mulher que acha ser sua antiga amada, por quem é apaixonado desde que era um mortal. Toda a Inglaterra, no entanto, está em seu caminho, sendo um enorme alvo para estragos. A produção pode ser alugada pelo Apple TV+.
Além da direção de Francis Ford Coppola, conhecido por seu trabalho em O Poderoso Chefão, a obra também conta com um elenco de estrelas: Gary Oldman (Batman o Cavaleiro das Trevas), Winona Ryder (Adoráveis Mulheres), Anthony Hopkins (O Silêncio dos Inocentes) e Keanu Reeves (John Wick). Drácula de Bram Stocker saiu do Oscar levando três estatuetas por sua produção técnica em maquiagem, figurino e som e conquistou seu selo de tomate fresco no tomatômetro com 78% de aprovação. No IMDb a obra alcançou 7,4.
Keanu Reeves é um dos atores principais de Drácula de Bram Stocker
Divulgação/IMDb
11. Garota Sombria Caminha pela Noite (2014)
Nem todo herói usa capa – e alguns bebem sangue. Na trama, a garota caminhando sozinha pela noite não é a vítima, mas uma vampira perigosa que não hesita em matar. Em suas caminhadas solitárias pela cidade iraniana Bad City, a protagonista encontra todo o tipo de depravação que uma cidade mergulhada em prostituição e vícios pode ter, e assume um papel de justiceira indo atrás dos mais sórdidos. Suas caçadas, no entanto, são interrompidas por uma súbita paixão incomum. O longa está disponível no catálogo do Mubi.
A história dirigida e roteirizada por Ana Lily Amirpour (Amores Canibais) vencedora do prêmio Stiges como Melhor Diretora Revelação, tem a estética de um filme cult com suas cenas emblemáticas e filtro preto e branco, além de ser parte do catálogo da plataforma que tem como premissa exibir filmes do gênero. No elenco, estão Sheila Vand (Argo), Arash Marandi (Luciérnagas), Marshall Manesh (O Grande Lebowski), Mozhan Navabi além da própria Ana Lily. Garota Sombria Caminha pela Noite é mais um filme dessa lista certificado (Tomate Fresco) pelo RT, e soma ao total 96% de aprovação, enquanto no IMDb sua nota é 6,9.
O longa é um filme preto e branco disponível no Mubi
Divulgação/IMDb
12 – Bônus: Thirst (2009)
Apesar de não estar em nenhum streaming, não há como não citar Thirst. No enredo do filme coreano, o vampirismo é um fator corruptivo para a vida de um padre amado por sua comunidade. Ao ser transformado acidentalmente em vampiro, acaba cedendo as imoralidades que jurou nunca cometer. Suas ações incluem começar um caso com a esposa do próprio amigo, resta saber se ele abandonará totalmente sua vocação.
Considerado “elegante” pelos críticos do Rotten o longa de Park Chan-wook (Oldboy) é uma produção coreana que recebeu alguns prêmios, incluindo o de Melhor Diretor pelo festival de Cannes. O elenco escolhido inclui Song Kang-ho (Memórias de um Assassino), Kim Ok-bin (Yoonaui Geori), Choi Hee-jin (Lady Vingança) e Seo Dong-soo (O Compromisso). Também conhecido como Sede de Sangue, o filme de Park conquistou aprovação de 81% dos especialistas, e 7,1 do público no IMDb.
Thrist ou Sede de Sangue não está disponível em nenhum streaming
Divulgação/IMDb
Com informações de Rotten Tomatoes, IMDb, HBO Max, Netflix e JustWatch.
🎥 HBO Max: tudo que você precisa saber
HBO MAX: TUDO QUE VOCÊ PRECISA SABER!
Saiba mais
Initial plugin text”}]] techtudo 

Posted in ,
bannerrsm

photo_2023-04-04_18-00-57
Rolar para cima
× Como posso te ajudar?