Não curte Carnaval? 15 filmes festivos para agitar de casa no feriado

Não curte Carnaval? 15 filmes festivos para agitar de casa no feriado
photo_2023-04-04_18-01-39

 [[{“value”:”Serviços como Netflix, HBO Max e Star+ estão repletas de opções para maratonar em ritmo de folia. De O Grande Gatsby à Superbad, confira os títulos para pular carnaval na sala O Carnaval é diversão e alegria nas ruas para uns, mas descanso em casa para outros – e se engana quem pensa que a rotina caseira de quem prefere ficar no sofá da sala tem que ser monótona. Serviços de streaming como Amazon Prime Video, Netflix e HBO Max estão repletos de produções de comédia, drama e romance onde o público pode festejar junto com os personagens da trama. Longas como Fora de Série (2019), Babilônia (2022) e Fire Island (2022) são ideais para quem quer manter o astral lá em cima no conforto de casa.
Nesta lista do TechTudo, você confere longas que trarão a diversão para o Carnaval. Em cada item, você encontra informações sobre elenco, enredo, repercussão e em qual plataforma disponível o longa está. Confira a seguir.
🎬 Gosta de séries de médico? Veja 12 boas opções para maratonar online
🔔 Canal do TechTudo no WhatsApp: acompanhe as principais notícias, tutoriais e reviews
Babilônia conta com elenco de peso para ilustrar a opulência e excessos da era do cinema mudo nos Estados Unidos
Reprodução/JustWatch
📝 Como rodar serviços de streaming em um PC antigo? Saiba no Fórum do TechTudo
1. Quase Famosos (2000)
Essa opção é pra quem curte festa regada a muito rock ‘n roll. Dirigido e roteirizado por Cameron Crowe (Jerry Maguire: A Grande Virada), Quase Famosos relembra o hedonismo, o jornalismo musical e a cena pesada do rock nos anos 1970. O longa tem no elenco Patrick Fugit (Garota Exemplar), Frances McDormand (Nomadland), Kate Hudson (Noivas em Guerra) e Billy Crudup (Watchmen). O filme disponível para aluguel no Google Play Filmes e Amazon Prime Video por R$ 5,90.
Em 1973, o adolescente William Miller (Fugit) consegue uma vaga para trabalhar na Rolling Stone como repórter. Ele sugere então falar da banda Stillwater, grupo emergente no hard rock americano do qual ele é fã. Mas quando conhece os integrantes, Miller aos poucos vai perdendo a objetividade do seu trabalho em meio a brigas de ego, shows caóticos e romances não correspondidos. Além da nota 7,9 no IMDb e aprovação de 89% no Rotten Tomatoes, Quase Famosos recebeu o Oscar de Melhor Roteiro em 2001.
Quase Famosos remonta à era do sexo, drogas e rock ‘n roll dos anos 1970
Reprodução/IMDb
2. O Grande Gatsby (2013)
Do começo ao fim do filme, O Grande Gatsby é uma balada chique sem limites. A adaptação do romance homônimo de F. Scott Fitzgerald pode não ter se saído bem entre a crítica (como mostra os 48% no RT), mas seus figurinos elegantes e cenário em art déco valem a celebração. Leonardo DiCaprio (Django Livre), Carey Mulligan (Maestro), Tobey Maguire (franquia Homem-Aranha) e Joel Edgerton (O Desconhecido) estão no elenco. Disponível no Amazon Prime Video e HBO Max.
Nick Carraway (Maguire) é um jovem escritor que, no começo da década de 1920, deixa o Oeste para viver em Nova Iorque. Ele se muda para uma casa próxima a de sua prima Daisy (Mulligan) e de seu marido, o bon-vivant Tom Buchanan (Edgerton). O trio, por sua vez, frequenta as intermináveis festas dadas por Jay Gatsby (DiCaprio), um magnata que parece não conhecer limites em suas reuniões sociais. No IMDb, a nota do público é de 7,2.
Adaptação do livro homônimo do escritor F. Scott Fitzgerald, O Grande Gatsby narra a vida de festas e luxuosidades do empresário Jay Gatsby
Reprodução/JustWatch
3. Passages (2023)
Neste filme do diretor Ira Sachs (Deixe a Luz Acesa) o cenário de festa e prazer é apimentado com talaricagem. O drama lançado recentemente nos cinemas mundiais e que já está no Mubi esteve na lista dos principais lançamentos de 2023. Estão no elenco Franz Rogowski (Uma Vida Oculta), Ben Whishaw (007 – Operação Skyfall), Adèle Exarchopoulos (Azul é a Cor Mais Quente) e Erwan Kepoa Falé (Le lycéen).
O cineasta Tomas (Rogowski) e seu marido Martin (Whishaw) passam por uma crise no relacionamento após Tomas se relacionar com Agathe (Exarchopoulos), uma mulher mais jovem que ele conheceu em uma de suas produções. No entanto, Martin também vai atrás de um caso extraconjugal ao namorar o escritor Amad (Falé), o que dá início a uma série de confusões amorosas entre os quatro envolvidos. As médias são de 6,8 no IMDb e aprovação de 94% no Rotten.
Passages mostra a relação conflituosa entre quatro pessoas após a traição de duas delas
Reprodução/JustWatch
4. Spring Breakers: Garotas Perigosas (2012)
O primeiro filme produzido pela A24 está longe de ser uma obra classuda direcionada a cinéfilos cult e mira em um drama adolescente recheado de baladas, bebedeiras, drogas e crimes. Com direção e roteiro de Harmony Korine (Kids) e Vanessa Hudgens (High School Musical), Selena Gomez (Only Murders in the Building), Ashley Benson (Pretty Little Liars), Rachel Korine (Mister Lonely) e James Franco (127 Horas) no elenco, Spring Breakers: Garotas Perigosas está disponível no Amazon Prime Video e na Netflix.
As universitárias Candy (Hudgens), Faith (Gomez), Brit (Benson) e Cotty (Korine) resolvem assaltar uma lanchonete só para gastar o dinheiro em baladas na Flórida. Ao chegarem no estado, durante as férias de primavera, elas conhecem um traficante metido a rapper chamado Alien (James Franco), que arrasta as jovens para uma realidade farrista e criminosa que irá mudar a vida do quarteto. A produção conquistou 68% de aprovação dos críticos no Rotten Tomatoes e nota 5,3 no IMDb.
Spring Breakers foi o primeiro filme produzido pela A24.
Reprodução/IMDb
5. A Noite da Virada (2014)
De títulos nacionais, vale a pena conferir A Noite da Virada, produção do diretor Fábio Mendonça (Cangaço Novo) que conta com Luana Piovani (A Mulher Invisível), Marcos Palmeira (Renascer), Júlia Rabello (Além do Guarda-Roupa), Taumaturgo Ferreira (Os Parças), Luana Martau (Cordel Encantado), além de youtubers convidados como Kéfera Buchmann e Cauê Moura. O filme está disponível no Globoplay, Telecine e Netflix.
O casal Ana (Rabello) e Duda (Paulo Tiefenthaler) está em uma crise no casamento e pretende dar um tempo. Mesmo assim, os dois decidem celebrar juntos o reveillon com uma festa em sua casa. Na noite da celebração, é no banheiro da casa que anfitriões e convidados se envolvem em pegações e tretas que irão apimentar a festa. A comédia brasileira tem nota 4,8 no IMDb.
A Noite da Virada acompanha uma festa de reveillon onde tudo parece dar errado
Reprodução/IMDb
6. Vizinhos (2014)
Seth Rogen (Pam & Tommy) e Zac Effron (Garra de Ferro) são dois rivais de gerações e comportamentos irreconciliáveis em Vizinhos, comédia dirigida por Nicholas Stoller (Os Muppets) que ainda conta com Rose Byrne (Sobrenatural, o filme) e Lisa Kudrow (a Phoebe de Friends) no elenco. Vale lembrar que a festa desregrada de Vizinhos ainda rendeu uma sequência – ambos disponíveis no Telecine (via Globoplay). Possui nota 6,3 no IMDb e aprovação de 73% no Rotten Tomatoes.
Mac (Rogen) e Kelly Radner (Byrne) são um jovem casal que busca amadurecer após o nascimento de sua primeira filha. Eles vivem em uma pacata vizinhança do subúrbio que, inesperadamente, recebe a chegada de uma república de estudantes universitários. Teddy Sanders (Effron), uma das lideranças do estudantis, faz pouco caso dos inúmeros pedidos de Mac e Kelly para maneirarem no barulho e nas festas, o que leva o casal a usar do mesmo tipo de desrespeito pra conseguir sua paz de volta.
Vizinhos coloca Seth Rogen e Zac Effron em disputa pela paz e o direito de festejar em um pacato bairro de subúrbio
Reprodução/IMDb
7. Penetras Bons de Bico (2005)
Lançado no auge das comédias sexuais dos anos 2000, como a franquia American Pie e EuroTrip – Passaporte para a Confusão (2004), Penetras Bons de Bico pode soar um tanto machista aos olhares modernos de hoje, ainda que conte com cenas hilárias influenciaram obras como Superbad e Se Beber, Não Case. Estrelado por Vince Vaughn (Com a Bola Toda), Owen Wilson (Loki), Rachel McAdams (Meninas Mavladas) e Isla Ficher (Animais Noturnos), o longa está disponível no Amazon Prime Video.
John (Owen Wilson) e Jeremy (Vince Vaughn) são dois amigos que trabalham como mediadores de divórcio. A diversão da dupla é entrar de penetra em festas de casamento de desconhecidos só para dormir com alguma convidada. O oba oba só termina quando eles invadem o casamento de Claire Cleary (McAdams), noiva que é filha de um influente político estadunidense. O que deveria ser curtição termina com os dois apaixonados. Os índices são de 75% no RT e nota 7 no IMDb.
Penetras Bom de Bico inspirou outros títulos semelhantes, como Superbad e Se Beber, Não Case
Reprodução/IMDb
8. Fora de Série (2019)
Misto de festa estudantil com jornada de crescimento, Fora de Série é ideal para os fãs de comédia dramática com um charme de produção “indie”. Espécie de Superbad com protagonismo feminino, o longa dirigido por Olivia Wilde (Não Se Preocupe, Querida) é estrelado por Beanie Feldstein (Barbie), Kaitlyn Dever (Inacreditável), Jessica Williams (Falando a Real) e Jason Sudeikis (Ted Lasso). O título é exclusivo do MGM, que está disponível como canal no Prime Video e Apple TV+.
As amigas Molly Davidson (Feldstein) e Amy Antsler (Dever) são duas estudantes do último ano do ensino médio bastante inteligentes, mas pouco populares. Quando descobrem que alunos baladeiros e menos aplicados que elas conseguiram vagas em universidades de prestígio, a dupla resolve extravasar todos os quatro anos de estudo e frustração em uma só noite de festas. As médias são de 7,1 no IMDb e aprovação de 96% no Rotten Tomatoes.
Fora de Série foi dirigido por Olivia Wilde
Reprodução/IMDb
9. Fire Island (2022)
Os baladeiros que não dispensam uma literatura clássica terão em Fire Island o melhor dos dois mundos. A obra do diretor Andrew Ahn (Driveways – Uma Amizade Inesperada) reimagina o romance Orgulho e Preconceito, de Jane Austen, em um cenário de festas da comunidade LGBTQIA+. A comédia dramática conta com Joel Kim Booster (Fortuna), Bowen Yang (Megarrromântico), Conrad Ricamora (Como Defender um Assassino) e Margaret Cho (All-American Girl) no elenco.
Disponível no Star+, o enredo mostra um grupo de cinco amigos indo passar uma temporada em Fire Island, ilha considerada um reduto gay em Nova Iorque. Ao chegarem no local, Noah (Booster), a Elizabeth Bennet do grupo, decide que está na hora de seu amigo Howie (Yang) deixar de lado a timidez e embarcar num romance. Mas o próprio Noah está confuso sobre curtir as baladas da ilha ou ir fundo no seu romance com Will (Ricamora), um médico atraente, mas recluso. Possui nota 6,7 no IMDb e aprovação de 94% no Rotten.
Fire Island reimagina o romance Orgulho e Preconceito, de Jane Austen, com protagonismo LGBT
Reprodução/IMDb
10. É o Fim (2013)
Nesse filme estrelado por James Franco, Seth Rogen, Jonah Hill (Certas Pessoas), Jay Baruchel (Trovão Tropical), Danny McBride (Eastbound & Down) e Craig Robinson (A Ressaca), foi preciso apenas uma festa para causar o completo fim do mundo – ou apenas a cidade de Los Angeles. A dupla Evan Goldberg e o já citado Seth Rogen estão na direção desta comédia onde astros do cinema e da música interpretam a si em situações extravagantes.
Disponível na Netflix, É o Fim começa com uma festa na casa de James Franco, onde os atores Rogen, Baruchel, Hill, McBride e Robinson encontram outras celebridades, como Emma Watson e a cantora Rihanna. O problema é que, no dia seguinte, Los Angeles está devastada devido a um terremoto avassalador. Presos na casa de James Franco, os atores sobreviventes tentam descobrir como sair da residência com vida. A nota no IMDb é de 6,6, enquanto no Rotten a aprovação é de 83%.
É o Fim é uma comédia que reúne astros do gênero e demais celebridades de Hollywood em uma trama apocalíptica
Reprodução/IMDb
11. Maria Antonieta (2006)
As baladas de época não poderiam ficar de fora da lista. O longa mais indicado é Maria Antonieta, longa da diretora Sophia Copolla (As Virgens Suicidas) que dramatiza de forma especulativa a vida da rainha homônima francesa do século XVIII. Kristen Dust (Ataque dos Cães) dá vida à monarca, enquanto Steve Coogan (Uma Noite no Museu), Jason Schwartzman (Scott Pilgrim: A Série) e Judy Davis (O Árbitro) estão no elenco. O título está na Netflix.
No auge da adolescência, Maria Antonieta, uma duquesa vinda da Áustria, se casa com o rei Luís XVI (Schwartzman), anos mais velho. A união nada tem a ver com o amor, mas sim por questões políticas entre os dois reinados. Antonieta, porém, está mais interessada nas festas luxuosas entre a nobreza, deixando sua cabeça bem longe das questões políticas, as intrigas e os conflitos sociais entre a classe mais pobre da França. O longa acumulou 57% de aprovação no RT e nota 6,5.
Sofia Copolla oferece um novo olhar sobre a rainha francesa Maria Antonieta
Reprodução/IMDb
12. Se Beber, Não Case (2009)
Um longa indispensável quando se trata de festas inconsequentes é Se Beber, Não Case, um sucesso do gênero dirigido por Todd Phillips (Coringa) que rendeu duas sequências nas telonas. No elenco estão presentes Bradley Cooper (Maestro), Ed Helms (The Office), Heather Graham (Boogie Nights), Zach Galifianakis (Um Parto de Viagem) Justin Bartha (Querida Zoe) e Ken Jeong (Podres de Ricos). Esse e os demais filmes da trilogia estão no HBO Max.
Dois dias antes de se casar, Doug Billings (Justin Bartha) decide fazer uma despedida de solteiro ao lado dos amigos Phil Wenneck (Cooper), Alan Garner (Galifianakis) e Stu Price (Helms). No entanto, a noite foi tão intensa que, no dia seguinte, Phil, Alan e Stu acordam em condições lastimáveis e sem a presença de Doug. Agora, resta ao trio relembrar detalhes da despedida e encontrar o noivo. O longa tem nota 7,1 no IMDb e aprovação de 79% no Rotten Tomatoes.
A história de Se Beber, Não Case rendeu três filmes que foram sucesso de bilheteria nos cinemas
Reprodução/JustWatch
13. Viagem das Garotas (2017)
Viagem das Garotas é uma comédia dramática onde a amizade de longa data é o combustível para as festas e romances do enredo. A obra é protagonizada por Regina Hall (Todo Mundo em Pânico), Queen Latifah (Chicago), Jada Pinkett Smith (Matrix Revolutions) e Tiffany Haddish (Sócias em Guerra), com direção de Malcolm D. Lee (Amigos Indiscretos). Está disponível no Globoplay e Telecine.
Ryan Pierce (Hall), Sasha Franklin (Latifah), Lisa Cooper (Smith) e Dina (Haddish) são quatro amigas que desde a faculdade estão sempre juntas. Mas com o passar do tempo, as obrigações pessoais de cada uma fazem com que elas se distanciem. A solução para reafirmar a amizade é uma viagem para Nova Orleans, onde acontecerá um festival de música. Aleatório a isso, o quarteto se envolve em todo tipo de balada e pegação na terra do jazz. O filme tem aprovação de 92% no Rotten e nota 6,2 no IMDb.
Viagem das Garotas é uma comédia dramática onde a amizade de longa data é o combustível para a festa
Reprodução/IMDb
14. Babilônia (2022)
As três horas de Babilônia podem ser uma farra e tanto para quem gosta de épicos cinematográficos. O longa do diretor Damien Chazelle (La La Land) celebra o auge e queda do cinema mudo americano com muitas baladas faraônicas e ressacas morais implacáveis. A obra conta com as atuações de Brad Pitt (Sr. e Sra. Smith), Margot Robbie (Barbie), Diego Calva (Bird Box: Barcelona), Jean Smart (Hacks), e mais. O título está no Telecine e Paramount+.
Na década de 1920, em Los Angeles, o imigrante mexicano Manny Torres (Calva) trabalha como assistente do ator Jack Conrad (Pitt), um astro do cinema mudo. Enquanto é popular, Conrad gerencia festas com muita ostentação e bajuladores que querem crescer às suas custas. Uma dessas aproveitadoras é Nellie LaRoy (Robbie), uma aspirante à atriz que quer fazer sucesso. A chegada do som no cinema, entretanto, poderá acabar com a alegria de todos. A produção tem nota 7,1 no IMDb e aprovação de 57% no Rotten.
Margot Robbie é uma das estrelas de Babilônia, filme que narra os excessos da era do cinema mudo nos EUA
Reprodução/JustWatch
15. Superbad – É Hoje (2007)
Uma das comédias mais celebradas da década de 2000, Superbad – É Hoje ajudou a catapultar a carreira dos astros Jonah Hill e Michael Cera (Scott Pilgrim: A Série). O longa focado no desejo adolescente de cair na balada surgiu da mente dos roteiristas Seth Rogen e Evan Goldberg, além do diretor Greg Mottola. O título disponível na Netflix ainda conta com Emma Stone (The Curse), Christopher Mintz-Plasse (Kick Ass 2) e Bill Hader (It: A Coisa Parte 2) no elenco.
Os amigos Seth (Hill) e Evan (Cera) planejam realizar uma festa de formatura com muita curtição e bebedeira. O problema é que eles ainda são menores tanto em idade como em popularidade na escola onde estudam. Quando eles se juntam a Fogell (Mintz-Plasse) para conseguir bebidas para uma festa, dão de cara com dois policiais esquisitos que não darão sossego a eles. Superbad tem nota 7,6 no IMDb e aprovação de 88% no Rotten Tomatoes.
Superbad é um clássico do besteirol
Reprodução/IMDb
Com informações de Collider, IMDb, MovieWeb, Rotten Tomatoes
🎥 Guia Apple TV+: veja preço, filmes e séries do catálogo e mais do streaming
Guia Apple TV+: veja preço, filmes e séries do catálogo e mais do streaming
Mais do TechTudo
Initial plugin text”}]] [[{“value”:”
Serviços como Netflix, HBO Max e Star+ estão repletas de opções para maratonar em ritmo de folia. De O Grande Gatsby à Superbad, confira os títulos para pular carnaval na sala O Carnaval é diversão e alegria nas ruas para uns, mas descanso em casa para outros – e se engana quem pensa que a rotina caseira de quem prefere ficar no sofá da sala tem que ser monótona. Serviços de streaming como Amazon Prime Video, Netflix e HBO Max estão repletos de produções de comédia, drama e romance onde o público pode festejar junto com os personagens da trama. Longas como Fora de Série (2019), Babilônia (2022) e Fire Island (2022) são ideais para quem quer manter o astral lá em cima no conforto de casa.
Nesta lista do TechTudo, você confere longas que trarão a diversão para o Carnaval. Em cada item, você encontra informações sobre elenco, enredo, repercussão e em qual plataforma disponível o longa está. Confira a seguir.
🎬 Gosta de séries de médico? Veja 12 boas opções para maratonar online
🔔 Canal do TechTudo no WhatsApp: acompanhe as principais notícias, tutoriais e reviews
Babilônia conta com elenco de peso para ilustrar a opulência e excessos da era do cinema mudo nos Estados Unidos
Reprodução/JustWatch
📝 Como rodar serviços de streaming em um PC antigo? Saiba no Fórum do TechTudo
1. Quase Famosos (2000)
Essa opção é pra quem curte festa regada a muito rock ‘n roll. Dirigido e roteirizado por Cameron Crowe (Jerry Maguire: A Grande Virada), Quase Famosos relembra o hedonismo, o jornalismo musical e a cena pesada do rock nos anos 1970. O longa tem no elenco Patrick Fugit (Garota Exemplar), Frances McDormand (Nomadland), Kate Hudson (Noivas em Guerra) e Billy Crudup (Watchmen). O filme disponível para aluguel no Google Play Filmes e Amazon Prime Video por R$ 5,90.
Em 1973, o adolescente William Miller (Fugit) consegue uma vaga para trabalhar na Rolling Stone como repórter. Ele sugere então falar da banda Stillwater, grupo emergente no hard rock americano do qual ele é fã. Mas quando conhece os integrantes, Miller aos poucos vai perdendo a objetividade do seu trabalho em meio a brigas de ego, shows caóticos e romances não correspondidos. Além da nota 7,9 no IMDb e aprovação de 89% no Rotten Tomatoes, Quase Famosos recebeu o Oscar de Melhor Roteiro em 2001.
Quase Famosos remonta à era do sexo, drogas e rock ‘n roll dos anos 1970
Reprodução/IMDb
2. O Grande Gatsby (2013)
Do começo ao fim do filme, O Grande Gatsby é uma balada chique sem limites. A adaptação do romance homônimo de F. Scott Fitzgerald pode não ter se saído bem entre a crítica (como mostra os 48% no RT), mas seus figurinos elegantes e cenário em art déco valem a celebração. Leonardo DiCaprio (Django Livre), Carey Mulligan (Maestro), Tobey Maguire (franquia Homem-Aranha) e Joel Edgerton (O Desconhecido) estão no elenco. Disponível no Amazon Prime Video e HBO Max.
Nick Carraway (Maguire) é um jovem escritor que, no começo da década de 1920, deixa o Oeste para viver em Nova Iorque. Ele se muda para uma casa próxima a de sua prima Daisy (Mulligan) e de seu marido, o bon-vivant Tom Buchanan (Edgerton). O trio, por sua vez, frequenta as intermináveis festas dadas por Jay Gatsby (DiCaprio), um magnata que parece não conhecer limites em suas reuniões sociais. No IMDb, a nota do público é de 7,2.
Adaptação do livro homônimo do escritor F. Scott Fitzgerald, O Grande Gatsby narra a vida de festas e luxuosidades do empresário Jay Gatsby
Reprodução/JustWatch
3. Passages (2023)
Neste filme do diretor Ira Sachs (Deixe a Luz Acesa) o cenário de festa e prazer é apimentado com talaricagem. O drama lançado recentemente nos cinemas mundiais e que já está no Mubi esteve na lista dos principais lançamentos de 2023. Estão no elenco Franz Rogowski (Uma Vida Oculta), Ben Whishaw (007 – Operação Skyfall), Adèle Exarchopoulos (Azul é a Cor Mais Quente) e Erwan Kepoa Falé (Le lycéen).
O cineasta Tomas (Rogowski) e seu marido Martin (Whishaw) passam por uma crise no relacionamento após Tomas se relacionar com Agathe (Exarchopoulos), uma mulher mais jovem que ele conheceu em uma de suas produções. No entanto, Martin também vai atrás de um caso extraconjugal ao namorar o escritor Amad (Falé), o que dá início a uma série de confusões amorosas entre os quatro envolvidos. As médias são de 6,8 no IMDb e aprovação de 94% no Rotten.
Passages mostra a relação conflituosa entre quatro pessoas após a traição de duas delas
Reprodução/JustWatch
4. Spring Breakers: Garotas Perigosas (2012)
O primeiro filme produzido pela A24 está longe de ser uma obra classuda direcionada a cinéfilos cult e mira em um drama adolescente recheado de baladas, bebedeiras, drogas e crimes. Com direção e roteiro de Harmony Korine (Kids) e Vanessa Hudgens (High School Musical), Selena Gomez (Only Murders in the Building), Ashley Benson (Pretty Little Liars), Rachel Korine (Mister Lonely) e James Franco (127 Horas) no elenco, Spring Breakers: Garotas Perigosas está disponível no Amazon Prime Video e na Netflix.
As universitárias Candy (Hudgens), Faith (Gomez), Brit (Benson) e Cotty (Korine) resolvem assaltar uma lanchonete só para gastar o dinheiro em baladas na Flórida. Ao chegarem no estado, durante as férias de primavera, elas conhecem um traficante metido a rapper chamado Alien (James Franco), que arrasta as jovens para uma realidade farrista e criminosa que irá mudar a vida do quarteto. A produção conquistou 68% de aprovação dos críticos no Rotten Tomatoes e nota 5,3 no IMDb.
Spring Breakers foi o primeiro filme produzido pela A24.
Reprodução/IMDb
5. A Noite da Virada (2014)
De títulos nacionais, vale a pena conferir A Noite da Virada, produção do diretor Fábio Mendonça (Cangaço Novo) que conta com Luana Piovani (A Mulher Invisível), Marcos Palmeira (Renascer), Júlia Rabello (Além do Guarda-Roupa), Taumaturgo Ferreira (Os Parças), Luana Martau (Cordel Encantado), além de youtubers convidados como Kéfera Buchmann e Cauê Moura. O filme está disponível no Globoplay, Telecine e Netflix.
O casal Ana (Rabello) e Duda (Paulo Tiefenthaler) está em uma crise no casamento e pretende dar um tempo. Mesmo assim, os dois decidem celebrar juntos o reveillon com uma festa em sua casa. Na noite da celebração, é no banheiro da casa que anfitriões e convidados se envolvem em pegações e tretas que irão apimentar a festa. A comédia brasileira tem nota 4,8 no IMDb.
A Noite da Virada acompanha uma festa de reveillon onde tudo parece dar errado
Reprodução/IMDb
6. Vizinhos (2014)
Seth Rogen (Pam & Tommy) e Zac Effron (Garra de Ferro) são dois rivais de gerações e comportamentos irreconciliáveis em Vizinhos, comédia dirigida por Nicholas Stoller (Os Muppets) que ainda conta com Rose Byrne (Sobrenatural, o filme) e Lisa Kudrow (a Phoebe de Friends) no elenco. Vale lembrar que a festa desregrada de Vizinhos ainda rendeu uma sequência – ambos disponíveis no Telecine (via Globoplay). Possui nota 6,3 no IMDb e aprovação de 73% no Rotten Tomatoes.
Mac (Rogen) e Kelly Radner (Byrne) são um jovem casal que busca amadurecer após o nascimento de sua primeira filha. Eles vivem em uma pacata vizinhança do subúrbio que, inesperadamente, recebe a chegada de uma república de estudantes universitários. Teddy Sanders (Effron), uma das lideranças do estudantis, faz pouco caso dos inúmeros pedidos de Mac e Kelly para maneirarem no barulho e nas festas, o que leva o casal a usar do mesmo tipo de desrespeito pra conseguir sua paz de volta.
Vizinhos coloca Seth Rogen e Zac Effron em disputa pela paz e o direito de festejar em um pacato bairro de subúrbio
Reprodução/IMDb
7. Penetras Bons de Bico (2005)
Lançado no auge das comédias sexuais dos anos 2000, como a franquia American Pie e EuroTrip – Passaporte para a Confusão (2004), Penetras Bons de Bico pode soar um tanto machista aos olhares modernos de hoje, ainda que conte com cenas hilárias influenciaram obras como Superbad e Se Beber, Não Case. Estrelado por Vince Vaughn (Com a Bola Toda), Owen Wilson (Loki), Rachel McAdams (Meninas Mavladas) e Isla Ficher (Animais Noturnos), o longa está disponível no Amazon Prime Video.
John (Owen Wilson) e Jeremy (Vince Vaughn) são dois amigos que trabalham como mediadores de divórcio. A diversão da dupla é entrar de penetra em festas de casamento de desconhecidos só para dormir com alguma convidada. O oba oba só termina quando eles invadem o casamento de Claire Cleary (McAdams), noiva que é filha de um influente político estadunidense. O que deveria ser curtição termina com os dois apaixonados. Os índices são de 75% no RT e nota 7 no IMDb.
Penetras Bom de Bico inspirou outros títulos semelhantes, como Superbad e Se Beber, Não Case
Reprodução/IMDb
8. Fora de Série (2019)
Misto de festa estudantil com jornada de crescimento, Fora de Série é ideal para os fãs de comédia dramática com um charme de produção “indie”. Espécie de Superbad com protagonismo feminino, o longa dirigido por Olivia Wilde (Não Se Preocupe, Querida) é estrelado por Beanie Feldstein (Barbie), Kaitlyn Dever (Inacreditável), Jessica Williams (Falando a Real) e Jason Sudeikis (Ted Lasso). O título é exclusivo do MGM, que está disponível como canal no Prime Video e Apple TV+.
As amigas Molly Davidson (Feldstein) e Amy Antsler (Dever) são duas estudantes do último ano do ensino médio bastante inteligentes, mas pouco populares. Quando descobrem que alunos baladeiros e menos aplicados que elas conseguiram vagas em universidades de prestígio, a dupla resolve extravasar todos os quatro anos de estudo e frustração em uma só noite de festas. As médias são de 7,1 no IMDb e aprovação de 96% no Rotten Tomatoes.
Fora de Série foi dirigido por Olivia Wilde
Reprodução/IMDb
9. Fire Island (2022)
Os baladeiros que não dispensam uma literatura clássica terão em Fire Island o melhor dos dois mundos. A obra do diretor Andrew Ahn (Driveways – Uma Amizade Inesperada) reimagina o romance Orgulho e Preconceito, de Jane Austen, em um cenário de festas da comunidade LGBTQIA+. A comédia dramática conta com Joel Kim Booster (Fortuna), Bowen Yang (Megarrromântico), Conrad Ricamora (Como Defender um Assassino) e Margaret Cho (All-American Girl) no elenco.
Disponível no Star+, o enredo mostra um grupo de cinco amigos indo passar uma temporada em Fire Island, ilha considerada um reduto gay em Nova Iorque. Ao chegarem no local, Noah (Booster), a Elizabeth Bennet do grupo, decide que está na hora de seu amigo Howie (Yang) deixar de lado a timidez e embarcar num romance. Mas o próprio Noah está confuso sobre curtir as baladas da ilha ou ir fundo no seu romance com Will (Ricamora), um médico atraente, mas recluso. Possui nota 6,7 no IMDb e aprovação de 94% no Rotten.
Fire Island reimagina o romance Orgulho e Preconceito, de Jane Austen, com protagonismo LGBT
Reprodução/IMDb
10. É o Fim (2013)
Nesse filme estrelado por James Franco, Seth Rogen, Jonah Hill (Certas Pessoas), Jay Baruchel (Trovão Tropical), Danny McBride (Eastbound & Down) e Craig Robinson (A Ressaca), foi preciso apenas uma festa para causar o completo fim do mundo – ou apenas a cidade de Los Angeles. A dupla Evan Goldberg e o já citado Seth Rogen estão na direção desta comédia onde astros do cinema e da música interpretam a si em situações extravagantes.
Disponível na Netflix, É o Fim começa com uma festa na casa de James Franco, onde os atores Rogen, Baruchel, Hill, McBride e Robinson encontram outras celebridades, como Emma Watson e a cantora Rihanna. O problema é que, no dia seguinte, Los Angeles está devastada devido a um terremoto avassalador. Presos na casa de James Franco, os atores sobreviventes tentam descobrir como sair da residência com vida. A nota no IMDb é de 6,6, enquanto no Rotten a aprovação é de 83%.
É o Fim é uma comédia que reúne astros do gênero e demais celebridades de Hollywood em uma trama apocalíptica
Reprodução/IMDb
11. Maria Antonieta (2006)
As baladas de época não poderiam ficar de fora da lista. O longa mais indicado é Maria Antonieta, longa da diretora Sophia Copolla (As Virgens Suicidas) que dramatiza de forma especulativa a vida da rainha homônima francesa do século XVIII. Kristen Dust (Ataque dos Cães) dá vida à monarca, enquanto Steve Coogan (Uma Noite no Museu), Jason Schwartzman (Scott Pilgrim: A Série) e Judy Davis (O Árbitro) estão no elenco. O título está na Netflix.
No auge da adolescência, Maria Antonieta, uma duquesa vinda da Áustria, se casa com o rei Luís XVI (Schwartzman), anos mais velho. A união nada tem a ver com o amor, mas sim por questões políticas entre os dois reinados. Antonieta, porém, está mais interessada nas festas luxuosas entre a nobreza, deixando sua cabeça bem longe das questões políticas, as intrigas e os conflitos sociais entre a classe mais pobre da França. O longa acumulou 57% de aprovação no RT e nota 6,5.
Sofia Copolla oferece um novo olhar sobre a rainha francesa Maria Antonieta
Reprodução/IMDb
12. Se Beber, Não Case (2009)
Um longa indispensável quando se trata de festas inconsequentes é Se Beber, Não Case, um sucesso do gênero dirigido por Todd Phillips (Coringa) que rendeu duas sequências nas telonas. No elenco estão presentes Bradley Cooper (Maestro), Ed Helms (The Office), Heather Graham (Boogie Nights), Zach Galifianakis (Um Parto de Viagem) Justin Bartha (Querida Zoe) e Ken Jeong (Podres de Ricos). Esse e os demais filmes da trilogia estão no HBO Max.
Dois dias antes de se casar, Doug Billings (Justin Bartha) decide fazer uma despedida de solteiro ao lado dos amigos Phil Wenneck (Cooper), Alan Garner (Galifianakis) e Stu Price (Helms). No entanto, a noite foi tão intensa que, no dia seguinte, Phil, Alan e Stu acordam em condições lastimáveis e sem a presença de Doug. Agora, resta ao trio relembrar detalhes da despedida e encontrar o noivo. O longa tem nota 7,1 no IMDb e aprovação de 79% no Rotten Tomatoes.
A história de Se Beber, Não Case rendeu três filmes que foram sucesso de bilheteria nos cinemas
Reprodução/JustWatch
13. Viagem das Garotas (2017)
Viagem das Garotas é uma comédia dramática onde a amizade de longa data é o combustível para as festas e romances do enredo. A obra é protagonizada por Regina Hall (Todo Mundo em Pânico), Queen Latifah (Chicago), Jada Pinkett Smith (Matrix Revolutions) e Tiffany Haddish (Sócias em Guerra), com direção de Malcolm D. Lee (Amigos Indiscretos). Está disponível no Globoplay e Telecine.
Ryan Pierce (Hall), Sasha Franklin (Latifah), Lisa Cooper (Smith) e Dina (Haddish) são quatro amigas que desde a faculdade estão sempre juntas. Mas com o passar do tempo, as obrigações pessoais de cada uma fazem com que elas se distanciem. A solução para reafirmar a amizade é uma viagem para Nova Orleans, onde acontecerá um festival de música. Aleatório a isso, o quarteto se envolve em todo tipo de balada e pegação na terra do jazz. O filme tem aprovação de 92% no Rotten e nota 6,2 no IMDb.
Viagem das Garotas é uma comédia dramática onde a amizade de longa data é o combustível para a festa
Reprodução/IMDb
14. Babilônia (2022)
As três horas de Babilônia podem ser uma farra e tanto para quem gosta de épicos cinematográficos. O longa do diretor Damien Chazelle (La La Land) celebra o auge e queda do cinema mudo americano com muitas baladas faraônicas e ressacas morais implacáveis. A obra conta com as atuações de Brad Pitt (Sr. e Sra. Smith), Margot Robbie (Barbie), Diego Calva (Bird Box: Barcelona), Jean Smart (Hacks), e mais. O título está no Telecine e Paramount+.
Na década de 1920, em Los Angeles, o imigrante mexicano Manny Torres (Calva) trabalha como assistente do ator Jack Conrad (Pitt), um astro do cinema mudo. Enquanto é popular, Conrad gerencia festas com muita ostentação e bajuladores que querem crescer às suas custas. Uma dessas aproveitadoras é Nellie LaRoy (Robbie), uma aspirante à atriz que quer fazer sucesso. A chegada do som no cinema, entretanto, poderá acabar com a alegria de todos. A produção tem nota 7,1 no IMDb e aprovação de 57% no Rotten.
Margot Robbie é uma das estrelas de Babilônia, filme que narra os excessos da era do cinema mudo nos EUA
Reprodução/JustWatch
15. Superbad – É Hoje (2007)
Uma das comédias mais celebradas da década de 2000, Superbad – É Hoje ajudou a catapultar a carreira dos astros Jonah Hill e Michael Cera (Scott Pilgrim: A Série). O longa focado no desejo adolescente de cair na balada surgiu da mente dos roteiristas Seth Rogen e Evan Goldberg, além do diretor Greg Mottola. O título disponível na Netflix ainda conta com Emma Stone (The Curse), Christopher Mintz-Plasse (Kick Ass 2) e Bill Hader (It: A Coisa Parte 2) no elenco.
Os amigos Seth (Hill) e Evan (Cera) planejam realizar uma festa de formatura com muita curtição e bebedeira. O problema é que eles ainda são menores tanto em idade como em popularidade na escola onde estudam. Quando eles se juntam a Fogell (Mintz-Plasse) para conseguir bebidas para uma festa, dão de cara com dois policiais esquisitos que não darão sossego a eles. Superbad tem nota 7,6 no IMDb e aprovação de 88% no Rotten Tomatoes.
Superbad é um clássico do besteirol
Reprodução/IMDb
Com informações de Collider, IMDb, MovieWeb, Rotten Tomatoes
🎥 Guia Apple TV+: veja preço, filmes e séries do catálogo e mais do streaming
Guia Apple TV+: veja preço, filmes e séries do catálogo e mais do streaming
Mais do TechTudo
Initial plugin text”}]] techtudo 

Posted in ,
bannerrsm

photo_2023-04-04_18-00-57
Rolar para cima
× Como posso te ajudar?