Veja 10 novelas mexicanas para assistir online no streaming

Veja 10 novelas mexicanas para assistir online no streaming
photo_2023-04-04_18-01-39

 [[{“value”:”Produções clássicas e novas amadas entre as telenovelas do México estão disponíveis em plataformas como Globoplay, Netflix e HBO Max; veja lista completa As novelas mexicanas são conhecidas por cenas dramáticas, com direito a lágrimas e muitas confusões. No Brasil, elas ficaram muito populares por preencher a programação da tarde dos canais abertos. Nem é preciso ser um noveleiro raiz para reconhecer títulos clássicos como Maria do Bairro a Usurpadora. Já outras produções mexicanas foram populares o bastante para marcar uma geração inteira, como a clássica Rebelde, que tem boa repercussão até hoje.
Pensando nisso, o TechTudo preparou uma lista de novelas mexicanas para conhecer ou reassistir em streamings como Globoplay, Netflix, Amazon Prime Video e HBO Max. Confira, a seguir, a lista completa com enredo, elenco e onde assistir.
🎬 Gosta de séries de médico? Veja 12 boas opções para maratonar online
🔔 Canal do TechTudo no WhatsApp: acompanhe as principais notícias, tutoriais e reviews
Novelas como Rebelde são cheias de intrigas e conflitos entre os personagens
Reprodução/IMDb
📝 Como rodar serviços de streaming em um PC antigo? Saiba no Fórum do TechTudo
1. Rebelde (2004)
A novela teen mexicana foi lançada em 2004, mas ainda é lembrada por conquistar jovens e adolescentes dos anos 2000, e por manter um público cativo até hoje. Seu elenco principal é formado pelo sexteto Dulce Maria (Lying Heart) como Roberta, Anahí (First Love) no papel da riquinha Mía Colucci, Maite Perroni (Burden of Guilt) como a tímida Lupita, Christopher Von Uckermann (Kdabra) vivendo Diego, Afonso Herrera (Ozark) como Miguel e Christian Chávez (Classe 406) interpretando Giovanni.
No enredo, os seis jovens diferentes em classe social, personalidade e estilo de vida, encontram um jeito de sobreviver ao ensino médio no colégio particular: fazendo música. A produção apresenta personagens que vivem intrigas, amores e traições no estilo noveleiro mexicano. A avaliação geral de Rebelde se mantém acima da média. No avaliador IMDb, a produção ficou com 6,9. Todas as 3 temporadas da trama estão disponíveis no Globoplay.
O famoso sexteto musical acumula fãs e popularidade no Brasil
Divulgação/Televisa
2. A Usurpadora (1998)
Se você já se deparou com memes de Paola Bracho (Gabriela Spanic) sem saber do que se tratavam, então é melhor se preparar para conhecer uma das personagens mais populares das novelas mexicanas. A Usurpadora é uma das muitas produções que focam em mostrar a diferença entre classes e começam com um amor impossível. No elenco, Spanic (A Dona) encara o desafio de interpretar gêmeas Paola e Paulina, ao lado do já conhecido galã das novelas Fernando Colunga (Maria do Bairro), e de outras figuras conhecidas como Libertad Lamarque (Gran Casino) como a amada Vovó Piedade e Chantal Andere (A Outra) na personagem da beata Estefania.
O enredo gira em torno da troca de lugar entre Paulina, uma mulher criada na pobreza, e Paola que sempre teve tudo o que quis e não consegue se adequar a vida de casada. Ao ocupar a posição de Paola na casa da família Bracho, Paulina se sente responsável por restabelecer o bem estar de todos que sua sósia vinha maltratando até então, mas acaba se apaixonando pelo devoto marido de Paola, Carlos Daniel (Colunga). A novela foi reprisada algumas vezes na TV e ganhou até mesmo uma nova adaptação do Prime Vídeo em 2019 com o mesmo nome. A nota de 7,8 no IMDb reflete a popularidade da novela. A Usurpadora está disponível no Globoplay.
Gabriela Spanic interpreta gêmeas na clássica novela
Divulgação/gshow
3. Maria do Bairro (1995 – 1996)
Neste clássico da produtora Televisa, Thalía (Marimar) que já é conhecida pelo público para além das novelas graças a sua carreira musical, vive uma das personagens mais famosas que interpretou para a TV. Maria do Bairro é uma novela cheia de reviravoltas que apresenta ao espectador uma vilã impiedosa e maligna vivida por Itatí Cantoral (Muchachitas). A produção está disponível integralmente no Globoplay, e conta em seu elenco com Fernando Colunga (A Usurpadora) como o par romântico de Maria, Rebeca Manríquez (El Rostro de la Venganza) a empregada nada amigável, Irán Eroy (Rubí) interpretando Vitória, Ricardo Blume (The Last Call) vivendo o chefe da família e Osvaldo Benavides (A Sorte de Loli) sendo o filho perdido a partir da terceira fase da novela.
Tudo começa com Maria Hernandes, uma órfã de origem humilde que, depois de perder a madrinha que a criou, é acolhida pelo poderoso ricaço Fernando De La Vega (Blume) como uma boa ação. Depois de superar os conflitos com a família de Fernando, e se apaixonar pelo filho mais velho (Colunga), com quem teve um filho na primeira fase da novela, a protagonista tem um novo obstáculo: encontrar o bebê que abandonou em um momento de insanidade. A partir daí, Maria enfrente a dor de traições, de estar longe do filho e até mesmo de ser presa sendo inocente. No IMDb, a popularidade da novela com o público geral também é notável, acumulando uma nota de 7,3.
Sucessos mexicanos, como Maria do Bairro, também estão disponíveis no catálogo do Globoplay
Reprodução/JustWatch
4. Rubí (2020)
Rubí (2010) é um remake da famosa novela de mesmo nome de 2004. Nela, Camila Sodi (Cualquier Parecido) interpreta uma mulher ambiciosa e sedutora, apaixonada pelo dinheiro. A nova produção conta com um cenário mais atual e um novo elenco, estão presentes em Rubí José Ron (Ringo, la Pelea de su vida) e Rodrigo Giron (Terra Ribelle) como os galãs que chamam atenção da protagonista. Kimberly dos Ramos (A Face da Vingança) aparece como Maribel e Ela Velden (Cair em Tentação) no papel de Carla. A nova adaptação do clássico está na plataforma do Globoplay.
Na trama, Rubí é entrevistada por uma jornalista que se interessa em saber como ela atingiu o auge. A personagem aceita e começa a revelar sua história, inclusive sobre como usou a beleza e charme para conseguir tudo o que sempre quis: uma vida luxuosa. A protagonista indomável que vivia na pobreza, dessa vez alcançou seu sonhado patamar de vida se envolvolvendo em brigas, traições e principalmente partindo corações. A produção alcançou a nota de 6,3 no IMDb.
Camila Sodi na mais recente adaptação de Rubí
Divulgação/IMDb
5. Marimar (1994)
Mais uma vez, a atriz Thalia entregou uma personagem marcada pela pobreza extrema que ascende ao luxo. A produção também está entre as mais reprisadas das novelas mexicanas e acabou fazendo mais sucesso que a original, La Indomable, de 1974. Em Marimar, a atriz contracena com Eduardo Capetilho (Soy tu dueña), seu par romântico, Chantal Andere (A Outra) como a cruel Angélica, Afonso Iturralde (Dear Enemy) como Renato e René Muñhoz (De frente al sol) vivendo o Padre da cidade, que já a acompanhou em outras novelas. A telenovela está disponível para assinantes do Globoplay.
Marimar era uma menina travessa que encantava todos em sua vila de pescadores humilde. Tudo muda, no entanto, quando ela conhece o ambicioso Sergio Santibáñes (Capetilho), que a seduz para irritar o pai (Iturralde). Dessa vez, a protagonista, antes ingênua, deixa de lado sua personalidade calma quando é abandonada grávida por aquele que achava ser seu grande amor. A história de vingança e recuperação de Marimar recebeu 6,6 no IMDb.
Marimar passa de uma protagonista doce e ingênua para impiedosa e vingativa
Divulgação/gshow
6. Coração Indomável (2013)
Entre os remakes que fazem tanto sucesso quanto (ou até mais) que o original, está Coração Indomável, que adaptou a história de Marimar. Na novela disponível no Amazon Prime Video, a protagonista se diferencia não só na atriz escolhida, mas também como no nome da personagem, que passa a se chamar Maricruz e é interpretada por Ana Brenda Contreras (Juro que Te Amo). No resto do elenco principal, estão Erick Corona (Salomé) como Amador, Daniel Arenas (Amorzito Corazón) vivendo o sedutor Octavio e René Strickler (Amor Valente) no papel de Miguel.
O enredo aborda novamente todas as humilhações que Maricruz sofre por ter uma origem humilde. Mais uma vez, nos deparamos com os acontecimentos trágicos que levaram a jovem e bela menina a se tornar uma mulher amargurada que busca vingança a todo custo pelo que sofreu nas mãos de Octavio e sua família. A recepção do público foi calorosa com a volta da história de sucesso, como prova a nota do IMDb foi de 6,7, se mantendo em pé de igualdade com Marimar.
Coração Indomável é um remake de sucesso da famosa história já conhecida de Marimar
Divulgação/IMDb
7. A Sorte de Loli (2021)
A Sorte de Loli é uma produção mexicana atual de comédia para a família. Nela, o espectador encara a rotina de uma produtora executiva independente de sucesso que de repente passa a ser chefe de família. O papel da protagonista Doloris, “Loli”, ficou com a atriz Silvia Navarro (Montecristo), que atua ao lado de Oswaldo Benavides (Maria do Bairro) vivendo Rafael, do astro de Rebelde Christian Chávez como Matías Fonseca, Gaby Espino (Senhora Acero) na pele de Paulina Castro e Mariana Seoane (Hasta el Fin del Mundo) interpretando a melhor amiga de Loli, Melissa Quintero. A novela está disponível na HBO Max.
Na trama, Doloris perde a melhor amiga, Melissa, que, ao morrer, deixa para Loli sua herança mais valiosa: seus dois filhos. Sendo uma mulher que não esperava ter esse tipo de compromisso tão cedo, Doloris passa a enfrentar com muito humor e drama a nova rotina. Ela deverá aprender um tipo de trabalho muito diferente do que estava acostumada até então. A produção sobre família e amor conseguiu uma nota de 6,7 no IMDb.
A comédia narra as dificuldades de uma produtora independente criando os filhos de sua amiga
Divulgação/IMDb
8. Café com Aroma de Mulher (1994)
De volta aos clássicos, Café com Aroma de Mulher foi uma dessas produções com música tema chiclete, enredo com paixões avassaladoras e uma protagonista que sabia bem como fazer para arrumar briga. Na trama, Gaivota, interpretada por Margarida Rosa (Gallito Ramirez), caiu nas graças de Sebastián Vallejo, papel de Guy Ecker (A Mentira), um dos herdeiros da família Vallejo. Também fazem parte do elenco Alejandra Bojero (Amor em Custodia) como a noiva despeitada Lucia, Cristóbal Errazúriz (Por Amor a Gloria) como Iván Vallejo e Danna García (Paixões Ardentes) no papel de Marcella Vallejo. A produção está na plataforma do Amazon Prime Video.
Durante a novela, Gaivota, que colhe café junto com sua mãe na fazenda dos Vallejo entre temporadas, acaba se apaixonando pela última pessoa que deveria: o principal herdeiro de toda a terra e neto do patriarca da família. Apesar de amar a garota e ser apaixonado pela fazenda, Sebastián é pressionado pela família para ir para Londres, abandonando seu amor. A partir de então, ambos deverão enfrentar muitos desafios para reatar a paixão perdida. Café com Aroma de Mulher é a melhor avaliada da lista com nota 8,4 no IMDb.
Margarita como a arrasadora de corações apelidada de Gaivota
Divulgação/IMDb
9. Amar e Viver (2020)
Amar e Viver é uma das produções mexicanas recentes original da Netflix, além de ser uma história de romance com mais uma protagonista que gosta de cantar. A novela é estrelada por Ana María Estupiñán (La Niña) e Carlos Torres (La Reina Del Flow), vivendo um casal inseparável. O resto do elenco fica a cargo de Vilma Vera (Rauzán) como Elena, Alex Paez (Notícia de um Sequestro) interpretando Humberto e Alden Rojas (A Rainha do Tráfico) vivendo Peluche.
Na Novela, Irene (Ana María) é a vocalista da banda Los Milagrosos e sonha em fazer sucesso como cantora. Ela conhece Joaquim (Carlos), que chega à cidade com um objetivo e pouco dinheiro, mas acaba entrando para o crime organizado. Os dois se apaixonam fervorosamente, porém manter esse amor de pé será mais duro do que ambos esperavam. A produção acumula poucas avaliações no IMDb, ainda assim a nota continuam bem acima da média com 7,0.
Amar e viver é uma produção original da Netflix de 2020
Divulgação/IMDb
10. Teresa (2010)
Teresa é uma novela que, em muitos aspectos, lembra Rubí (2004), apesar de não haver nenhum tipo de relato relacionando as duas obras. Dito isso, Teresa não deixou de fazer sucesso entre os espectadores. A personagem é vivida por Angelique Boyer, que contracena com Sebastián Rulli (Rubí) e Aarón Díaz (Tierra de Reyes), seus dois admiradores. Ainda estão no elenco Cynthia Klitbo (Cadenas de Amargura) interpretando Juana e Margarita Magaña (Mi pequeña traviesa) como Aida. A novela está disponível pelo Amazon Prime Video.
Na trama, Teresa tem sede de poder e seu sonho é sair da pobreza com a ajuda de um milionário que possa bancar seus luxos, enquanto se vinga de todos os ricos que a humilharam. Em comparação a Rubí, a novela tem um toque a mais de crueldade e vaidade com a protagonista. A produção foi igualmente bem avaliada no site do IMDb alcançando o marco de 7,7.
Teresa é uma vilã no lugar de protagonista decidida a ter o quer
Reprodução/O Portal Planeta TV e Divulgação/Televisa/SBT
Com informações de IMDb e JustWatch.
🎥 Amazon Prime Video: veja preço dos planos, catálogo e como funciona
Amazon Prime Video: veja preço dos planos, catálogo e como funciona
Saiba mais
Initial plugin text”}]] [[{“value”:”
Produções clássicas e novas amadas entre as telenovelas do México estão disponíveis em plataformas como Globoplay, Netflix e HBO Max; veja lista completa As novelas mexicanas são conhecidas por cenas dramáticas, com direito a lágrimas e muitas confusões. No Brasil, elas ficaram muito populares por preencher a programação da tarde dos canais abertos. Nem é preciso ser um noveleiro raiz para reconhecer títulos clássicos como Maria do Bairro a Usurpadora. Já outras produções mexicanas foram populares o bastante para marcar uma geração inteira, como a clássica Rebelde, que tem boa repercussão até hoje.
Pensando nisso, o TechTudo preparou uma lista de novelas mexicanas para conhecer ou reassistir em streamings como Globoplay, Netflix, Amazon Prime Video e HBO Max. Confira, a seguir, a lista completa com enredo, elenco e onde assistir.
🎬 Gosta de séries de médico? Veja 12 boas opções para maratonar online
🔔 Canal do TechTudo no WhatsApp: acompanhe as principais notícias, tutoriais e reviews
Novelas como Rebelde são cheias de intrigas e conflitos entre os personagens
Reprodução/IMDb
📝 Como rodar serviços de streaming em um PC antigo? Saiba no Fórum do TechTudo
1. Rebelde (2004)
A novela teen mexicana foi lançada em 2004, mas ainda é lembrada por conquistar jovens e adolescentes dos anos 2000, e por manter um público cativo até hoje. Seu elenco principal é formado pelo sexteto Dulce Maria (Lying Heart) como Roberta, Anahí (First Love) no papel da riquinha Mía Colucci, Maite Perroni (Burden of Guilt) como a tímida Lupita, Christopher Von Uckermann (Kdabra) vivendo Diego, Afonso Herrera (Ozark) como Miguel e Christian Chávez (Classe 406) interpretando Giovanni.
No enredo, os seis jovens diferentes em classe social, personalidade e estilo de vida, encontram um jeito de sobreviver ao ensino médio no colégio particular: fazendo música. A produção apresenta personagens que vivem intrigas, amores e traições no estilo noveleiro mexicano. A avaliação geral de Rebelde se mantém acima da média. No avaliador IMDb, a produção ficou com 6,9. Todas as 3 temporadas da trama estão disponíveis no Globoplay.
O famoso sexteto musical acumula fãs e popularidade no Brasil
Divulgação/Televisa
2. A Usurpadora (1998)
Se você já se deparou com memes de Paola Bracho (Gabriela Spanic) sem saber do que se tratavam, então é melhor se preparar para conhecer uma das personagens mais populares das novelas mexicanas. A Usurpadora é uma das muitas produções que focam em mostrar a diferença entre classes e começam com um amor impossível. No elenco, Spanic (A Dona) encara o desafio de interpretar gêmeas Paola e Paulina, ao lado do já conhecido galã das novelas Fernando Colunga (Maria do Bairro), e de outras figuras conhecidas como Libertad Lamarque (Gran Casino) como a amada Vovó Piedade e Chantal Andere (A Outra) na personagem da beata Estefania.
O enredo gira em torno da troca de lugar entre Paulina, uma mulher criada na pobreza, e Paola que sempre teve tudo o que quis e não consegue se adequar a vida de casada. Ao ocupar a posição de Paola na casa da família Bracho, Paulina se sente responsável por restabelecer o bem estar de todos que sua sósia vinha maltratando até então, mas acaba se apaixonando pelo devoto marido de Paola, Carlos Daniel (Colunga). A novela foi reprisada algumas vezes na TV e ganhou até mesmo uma nova adaptação do Prime Vídeo em 2019 com o mesmo nome. A nota de 7,8 no IMDb reflete a popularidade da novela. A Usurpadora está disponível no Globoplay.
Gabriela Spanic interpreta gêmeas na clássica novela
Divulgação/gshow
3. Maria do Bairro (1995 – 1996)
Neste clássico da produtora Televisa, Thalía (Marimar) que já é conhecida pelo público para além das novelas graças a sua carreira musical, vive uma das personagens mais famosas que interpretou para a TV. Maria do Bairro é uma novela cheia de reviravoltas que apresenta ao espectador uma vilã impiedosa e maligna vivida por Itatí Cantoral (Muchachitas). A produção está disponível integralmente no Globoplay, e conta em seu elenco com Fernando Colunga (A Usurpadora) como o par romântico de Maria, Rebeca Manríquez (El Rostro de la Venganza) a empregada nada amigável, Irán Eroy (Rubí) interpretando Vitória, Ricardo Blume (The Last Call) vivendo o chefe da família e Osvaldo Benavides (A Sorte de Loli) sendo o filho perdido a partir da terceira fase da novela.
Tudo começa com Maria Hernandes, uma órfã de origem humilde que, depois de perder a madrinha que a criou, é acolhida pelo poderoso ricaço Fernando De La Vega (Blume) como uma boa ação. Depois de superar os conflitos com a família de Fernando, e se apaixonar pelo filho mais velho (Colunga), com quem teve um filho na primeira fase da novela, a protagonista tem um novo obstáculo: encontrar o bebê que abandonou em um momento de insanidade. A partir daí, Maria enfrente a dor de traições, de estar longe do filho e até mesmo de ser presa sendo inocente. No IMDb, a popularidade da novela com o público geral também é notável, acumulando uma nota de 7,3.
Sucessos mexicanos, como Maria do Bairro, também estão disponíveis no catálogo do Globoplay
Reprodução/JustWatch
4. Rubí (2020)
Rubí (2010) é um remake da famosa novela de mesmo nome de 2004. Nela, Camila Sodi (Cualquier Parecido) interpreta uma mulher ambiciosa e sedutora, apaixonada pelo dinheiro. A nova produção conta com um cenário mais atual e um novo elenco, estão presentes em Rubí José Ron (Ringo, la Pelea de su vida) e Rodrigo Giron (Terra Ribelle) como os galãs que chamam atenção da protagonista. Kimberly dos Ramos (A Face da Vingança) aparece como Maribel e Ela Velden (Cair em Tentação) no papel de Carla. A nova adaptação do clássico está na plataforma do Globoplay.
Na trama, Rubí é entrevistada por uma jornalista que se interessa em saber como ela atingiu o auge. A personagem aceita e começa a revelar sua história, inclusive sobre como usou a beleza e charme para conseguir tudo o que sempre quis: uma vida luxuosa. A protagonista indomável que vivia na pobreza, dessa vez alcançou seu sonhado patamar de vida se envolvolvendo em brigas, traições e principalmente partindo corações. A produção alcançou a nota de 6,3 no IMDb.
Camila Sodi na mais recente adaptação de Rubí
Divulgação/IMDb
5. Marimar (1994)
Mais uma vez, a atriz Thalia entregou uma personagem marcada pela pobreza extrema que ascende ao luxo. A produção também está entre as mais reprisadas das novelas mexicanas e acabou fazendo mais sucesso que a original, La Indomable, de 1974. Em Marimar, a atriz contracena com Eduardo Capetilho (Soy tu dueña), seu par romântico, Chantal Andere (A Outra) como a cruel Angélica, Afonso Iturralde (Dear Enemy) como Renato e René Muñhoz (De frente al sol) vivendo o Padre da cidade, que já a acompanhou em outras novelas. A telenovela está disponível para assinantes do Globoplay.
Marimar era uma menina travessa que encantava todos em sua vila de pescadores humilde. Tudo muda, no entanto, quando ela conhece o ambicioso Sergio Santibáñes (Capetilho), que a seduz para irritar o pai (Iturralde). Dessa vez, a protagonista, antes ingênua, deixa de lado sua personalidade calma quando é abandonada grávida por aquele que achava ser seu grande amor. A história de vingança e recuperação de Marimar recebeu 6,6 no IMDb.
Marimar passa de uma protagonista doce e ingênua para impiedosa e vingativa
Divulgação/gshow
6. Coração Indomável (2013)
Entre os remakes que fazem tanto sucesso quanto (ou até mais) que o original, está Coração Indomável, que adaptou a história de Marimar. Na novela disponível no Amazon Prime Video, a protagonista se diferencia não só na atriz escolhida, mas também como no nome da personagem, que passa a se chamar Maricruz e é interpretada por Ana Brenda Contreras (Juro que Te Amo). No resto do elenco principal, estão Erick Corona (Salomé) como Amador, Daniel Arenas (Amorzito Corazón) vivendo o sedutor Octavio e René Strickler (Amor Valente) no papel de Miguel.
O enredo aborda novamente todas as humilhações que Maricruz sofre por ter uma origem humilde. Mais uma vez, nos deparamos com os acontecimentos trágicos que levaram a jovem e bela menina a se tornar uma mulher amargurada que busca vingança a todo custo pelo que sofreu nas mãos de Octavio e sua família. A recepção do público foi calorosa com a volta da história de sucesso, como prova a nota do IMDb foi de 6,7, se mantendo em pé de igualdade com Marimar.
Coração Indomável é um remake de sucesso da famosa história já conhecida de Marimar
Divulgação/IMDb
7. A Sorte de Loli (2021)
A Sorte de Loli é uma produção mexicana atual de comédia para a família. Nela, o espectador encara a rotina de uma produtora executiva independente de sucesso que de repente passa a ser chefe de família. O papel da protagonista Doloris, “Loli”, ficou com a atriz Silvia Navarro (Montecristo), que atua ao lado de Oswaldo Benavides (Maria do Bairro) vivendo Rafael, do astro de Rebelde Christian Chávez como Matías Fonseca, Gaby Espino (Senhora Acero) na pele de Paulina Castro e Mariana Seoane (Hasta el Fin del Mundo) interpretando a melhor amiga de Loli, Melissa Quintero. A novela está disponível na HBO Max.
Na trama, Doloris perde a melhor amiga, Melissa, que, ao morrer, deixa para Loli sua herança mais valiosa: seus dois filhos. Sendo uma mulher que não esperava ter esse tipo de compromisso tão cedo, Doloris passa a enfrentar com muito humor e drama a nova rotina. Ela deverá aprender um tipo de trabalho muito diferente do que estava acostumada até então. A produção sobre família e amor conseguiu uma nota de 6,7 no IMDb.
A comédia narra as dificuldades de uma produtora independente criando os filhos de sua amiga
Divulgação/IMDb
8. Café com Aroma de Mulher (1994)
De volta aos clássicos, Café com Aroma de Mulher foi uma dessas produções com música tema chiclete, enredo com paixões avassaladoras e uma protagonista que sabia bem como fazer para arrumar briga. Na trama, Gaivota, interpretada por Margarida Rosa (Gallito Ramirez), caiu nas graças de Sebastián Vallejo, papel de Guy Ecker (A Mentira), um dos herdeiros da família Vallejo. Também fazem parte do elenco Alejandra Bojero (Amor em Custodia) como a noiva despeitada Lucia, Cristóbal Errazúriz (Por Amor a Gloria) como Iván Vallejo e Danna García (Paixões Ardentes) no papel de Marcella Vallejo. A produção está na plataforma do Amazon Prime Video.
Durante a novela, Gaivota, que colhe café junto com sua mãe na fazenda dos Vallejo entre temporadas, acaba se apaixonando pela última pessoa que deveria: o principal herdeiro de toda a terra e neto do patriarca da família. Apesar de amar a garota e ser apaixonado pela fazenda, Sebastián é pressionado pela família para ir para Londres, abandonando seu amor. A partir de então, ambos deverão enfrentar muitos desafios para reatar a paixão perdida. Café com Aroma de Mulher é a melhor avaliada da lista com nota 8,4 no IMDb.
Margarita como a arrasadora de corações apelidada de Gaivota
Divulgação/IMDb
9. Amar e Viver (2020)
Amar e Viver é uma das produções mexicanas recentes original da Netflix, além de ser uma história de romance com mais uma protagonista que gosta de cantar. A novela é estrelada por Ana María Estupiñán (La Niña) e Carlos Torres (La Reina Del Flow), vivendo um casal inseparável. O resto do elenco fica a cargo de Vilma Vera (Rauzán) como Elena, Alex Paez (Notícia de um Sequestro) interpretando Humberto e Alden Rojas (A Rainha do Tráfico) vivendo Peluche.
Na Novela, Irene (Ana María) é a vocalista da banda Los Milagrosos e sonha em fazer sucesso como cantora. Ela conhece Joaquim (Carlos), que chega à cidade com um objetivo e pouco dinheiro, mas acaba entrando para o crime organizado. Os dois se apaixonam fervorosamente, porém manter esse amor de pé será mais duro do que ambos esperavam. A produção acumula poucas avaliações no IMDb, ainda assim a nota continuam bem acima da média com 7,0.
Amar e viver é uma produção original da Netflix de 2020
Divulgação/IMDb
10. Teresa (2010)
Teresa é uma novela que, em muitos aspectos, lembra Rubí (2004), apesar de não haver nenhum tipo de relato relacionando as duas obras. Dito isso, Teresa não deixou de fazer sucesso entre os espectadores. A personagem é vivida por Angelique Boyer, que contracena com Sebastián Rulli (Rubí) e Aarón Díaz (Tierra de Reyes), seus dois admiradores. Ainda estão no elenco Cynthia Klitbo (Cadenas de Amargura) interpretando Juana e Margarita Magaña (Mi pequeña traviesa) como Aida. A novela está disponível pelo Amazon Prime Video.
Na trama, Teresa tem sede de poder e seu sonho é sair da pobreza com a ajuda de um milionário que possa bancar seus luxos, enquanto se vinga de todos os ricos que a humilharam. Em comparação a Rubí, a novela tem um toque a mais de crueldade e vaidade com a protagonista. A produção foi igualmente bem avaliada no site do IMDb alcançando o marco de 7,7.
Teresa é uma vilã no lugar de protagonista decidida a ter o quer
Reprodução/O Portal Planeta TV e Divulgação/Televisa/SBT
Com informações de IMDb e JustWatch.
🎥 Amazon Prime Video: veja preço dos planos, catálogo e como funciona
Amazon Prime Video: veja preço dos planos, catálogo e como funciona
Saiba mais
Initial plugin text”}]] techtudo 

Posted in ,
bannerrsm

photo_2023-04-04_18-00-57
Rolar para cima
× Como posso te ajudar?