Endrick denuncia racismo contra familiares após Brasil x Venezuela

Endrick denuncia racismo contra familiares após Brasil x Venezuela
photo_2023-04-04_18-01-39

[[{“value”:”

O atacante Endrick divulgou um vídeo em sua conta em uma rede social mostrando o momento em que uma pessoa imita um macaco em direção a seu pai, Douglas Ramos.

O ato racista ocorreu nesta quinta-feira, no estádio Brígido Iriarte, em Caracas, onde a Seleção Brasileira Sub-23 venceu a Venezuela por 2 a 1, pelo quadrangular final do Torneio Pré-Olímpico.

Leia Mais

Pré-Olímpico: com drama, Brasil vence Venezuela e segue vivo pela vaga em Paris

Palmeiras vence Ituano e aumenta vantagem no grupo B do Paulistão

Hulk brilha e Atlético-MG vence Athletic pelo Campeonato Mineiro

Na imagem, o homem veste uma camisa da Venezuela e aparece imitando um macaco, gesticulando muito e falando. Ele também atira um objeto em direção onde estavam os brasileiros. O pai de Endrick viajou junto de integrantes da Roc Nation Sports, a agência que controla a carreira de Endrick.

“Desculpa pai, por esse momento. Desculpa padrinho, por esse momento. Infelizmente aconteceu com minha família e amigos, mas Deus sabe de todas essas coisas”, escreveu Endrick.

Pouco tempo depois, o atacante apagou a publicação, na qual também tinha marcado o arroba da Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol). A entidade ainda não se manifestou sobre o ocorrido.

Endrick participou dos dois gols da vitória do Brasil sobre a Venezuela por 2 a 1, na noite desta quinta-feira. O resultado colocou a Seleção Brasileira Sub-23 na vice-liderança do quadrangular final do Torneio Pré-Olímpico, com três pontos, atrás do Paraguai, com quatro, mas à frente de Argentina, com dois, e Venezuela, com um.

Somente os dois primeiros se classificam para os Jogos Olímpicos de Paris, no meio de 2024. Portanto uma vitória contra a Argentina, no domingo (11), garante a vaga olímpica com tranquilidade. A Conmebol ainda divulgará o horário da partida.

O empate também pode bastar, mas aí dependeria se a Venezuela bater o Paraguai, o que ocasionaria um empate triplo com times com quatro pontos. Se perder dos argentinos o Brasil estará fora.

Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas

YouTube
Tiktok
Instagram
Twitter

Este conteúdo foi originalmente publicado em Endrick denuncia racismo contra familiares após Brasil x Venezuela no site CNN Brasil.

“}]] 

Posted in ,
bannerrsm

photo_2023-04-04_18-00-57
Rolar para cima
× Como posso te ajudar?