10 séries aclamadas com finais decepcionantes que deixaram os fãs frustrados

photo_2023-04-04_18-01-39

 Algumas séries populares conquistaram o público durante a exibição, mas tiveram finais que deixaram os fãs revoltados, seja por queda na qualidade ou por decisões equivocadas no roteiro; veja lista completa Séries com finais ruins são algo problemático para o público, mas quando seriados aclamados pela crítica e pelo público têm desfechos pouco inspirados, a frustração pode ser ainda maior. Afinal, é comum que os fãs acompanhem as produções por anos, aguardando novas temporadas, criando teorias e se apegando a personagens como se fossem membros da família. Tudo isso para que, no final, toda a expectativa vá por água abaixo.
Muitas das séries aclamadas pelo público e pela crítica caem na sina de entregar um final frustrante ou de gosto duvidoso para os fãs, que acabam decepcionados. Produções como Dexter e How I Met Your Mother e Game of Thrones, caso emblemático recente, são exemplos que frustraram sua audiência. Como não são raros os casos, o TechTudo preparou uma lista com 10 das melhores (ou piores) neste quesito. Contudo, é válido informar: essa lista contém spoilers massivos sobre os finais de todas as produções.
🎬 Conheça as 15 melhores séries do HBO Max que você precisa assistir agora
🔔 Canal do TechTudo no WhatsApp: acompanhe as principais notícias, tutoriais e reviews
O serial killer Dexter, interpretado por Michael C. Hall, na série de mesmo nome
Reprodução/IMDb
📝 Como rodar serviços de streaming em um PC antigo? Saiba no Fórum do TechTudo
1. How I Met Your Mother
A expectativa de How I Met Your Mother (Como Eu Conheci Sua Mãe) já começa no título. A série é narrada por Ted Mosby (Josh Radnor), que conta aos filhos como conheceu a mãe deles. Os personagens principais da narrativa são o casal Lily Aldrin (Alyson Hannigan) e Marshall Eriksen(Jason Segel), o playboy Barney Stinson (Neil Patrick Harris) e a jornalista Robin Scherbatsky (Cobie Smulders), que se envolve com Ted e Barney ao longo das temporadas.
O final decepcionante fica por conta da revelação da mãe, Tracy McConnell (Cristin Milioti), que só chega na história na última temporada. Além disso, ela não tem um final feliz com de Ted, cujo desfecho é ao lado de Robin, o que decepcionou boa parte do público. Apesar do final frustrante, a série é divertida e possui boa aprovação nos sites especializados (8,3 no IMDb e 84% no Rotten Tomatoes). As nove temporadas da série estão disponíveis no Star Plus.
Os cinco amigos Lily, Marshall, Barney, Robin e Ted no sitcom How I Met Your Mother
Reprodução/IMDb
2. Gossip Girl
A série traz no elenco artistas como Blake Lively (A Incrível História de Adaline), Leighton Meester (Este é o Meu Garoto), Penn Badgley (Você) e Ed Westwick (Linhas Inimigas) e conta a história de um grupo de jovens amigos que são atormentados pela fofoqueira desconhecida Garota do Blog.
Gossip Girl recebe nota 7,5 no IMDb e aprovação de 84% da crítica no Rotten Tomatoes, mas a maior decepção fica por conta revelação da identidade da Garota do Blog: Dan Humpfrey. E a escolha de roeito não desagradou apenas os espectadores – Penn Bagley, queinterpretou Dan, já disse abertamente não ter gostado da resolução do mistério. Segundo ele, o personagem apareceu algumas vezes sozinho se surpreendendo com as matérias do blog. A série tem seis temporadas e todas estão disponíveis na Netflix.
O casamento de Blair Waldorf (Leighton Meester) e Chuck Bass (Ed Westwick) em Gossip Girl
Reprodução/IMDb
3. The 100
Uma guerra nuclear destruiu a civilização, mas alguns sobreviventes estão protegidos em estações espaciais na órbita. Noventa e sete anos após a guerra, cem desses sobreviventes são enviados à Terra para tentar repovoar o planeta e testar as condições habitacionais por aqui. Esse é o enredo de The 100, que tem Eliza Taylor como a protagonista Clarke Griffin. Contudo, a produção da CW, que começou bem e conquistou muitos fãs, deu um nó na cabeça e nas expectativas dos devotos da série.
Um dos fatos que mais indignou os fãs de The 100 foi a morte do personagem Bellamy Blake (Bob Morley), que aconteceu de forma gratuita e sem o respeito que o personagem merecia. Outro fato que desapontou o público foi o desfecho da própria Clarke, que acabou por deixar sabor amargo na boca dos simpatizantes da protagonista. Nos sites especializados, The 100 recebe nota 7,6 no IMDb e 93% no Rotten Tomatoes, mas as últimas temporadas foram marcadas por críticas negativas de forma generalizada. Na Netflix, estão as sete temporadas da série.
Eliza Taylor, Bob Morley, Sachin Sahel, Jarod Joseph, Tasya Teles e Jordan Bolger em The 100
Reprodução/IMDb
4. Pretty Little Liars
Aria (Lucy Hale), Hanna (Ashley Benson), Spencer (Troian Bellisario) e Emily (Shay Mitchell) se reencontram um ano após o misterioso desaparecimento de Alison (Sasha Pieterse). Antes melhores amigas, o que reúne o quarteto na trama da série, no entanto, são as ameaçadoras mensagens anônimas que cada uma delas recebe de um remetente que se identifica apenas como ‘A’. E essa pessoa sabe tudo sobre suas vidas, tanto do passado quanto do presente.
Ao longo de sete anos, o público especulou quem poderia ser ‘A’ e ao final se frustrou pela identidade secreta ser de uma personagem relativamente nova na série, sem envolvimento emocional com o espectador. Apesar disso, a série possui nota 7,4 no IMDb e 81% de aprovação no Rotten Tomatoes. As sete temporadas da série estão disponíveis no catálogo do streaming HBO Max.
As adolescentes Spencer, Emily, Aria, Hanna e Alison na série Pretty Little Liars
Reprodução/IMDb
5. The Walking Dead
The Walking Dead era uma promissora série, baseada nos quadrinhos de Robert Kirkman, focada na capacidade de sobrevivência humana no meio do caos – no caso, um apocalipse zumbi. A série, que tem o xerife Rick Grimes (Andrew Lincoln) como um dos personagens principais, viveu de altos e baixos ao longo das suas 11 temporadas.
Ao se aproximar da reta final, a série ameaçou tomar um rumo para um encerramento digno e oferecer uma recompensa para os fãs que acompanharam bravamente a trama até ali. Mas ao invés de uma conclusão, os espectadores ganharam muitas dúvidas e vários spin offs para, quem sabe, obter respostas. A série está disponível nos streamings Star Plus e Netflix. Suas notas nos sites agregadores são 8,1 no IMDb e 79% de aprovação no Rotten Tomatoes.
Andrew Lincoln e Chandler Riggs como os sobreviventes Rick e Carl Grimes em The Walking Dead
Reprodução/IMDb
6. Sobrenatural
Dean (Jensen Ackles) e Sam (Jared Padalecki) Winchester são dois irmãos que seguiram os passos do pai e levam a vida caçando monstros e perseguindo demônios, criaturas misteriosas e, claro, tudo que envolve o sobrenatural na superfície. São 15 temporadas onde os irmãos lidam com os mais terríveis tipos de entidades malignas e desconhecidas da humanidade, desenvolvendo habilidades e evoluindo suas armas.
Talvez seja por isso que os fãs não tenham aceitado muito bem o final da série, onde Dean morre acidentalmente e sem muita dignidade ao limpar um ninho de vampiros. Sobrenatural está disponível nos catálogos do HBO Max e do Amazon Prime Video. Apesar do final controverso, a série é bem avaliada, com notas 8,4 no IMDb e 93% de aprovação da crítica no Rotten Tomatoes.
Os irmãos Winchester, caçadores de monstros e forças do mal em Sobrenatural
Reprodução/IMDb
7. Dexter
De dia, Dexter Morgan (Michael C. Hall) é um calado e tímido especialista em espalhamento de sangue no departamento forense da polícia de Miami. À noite, seu lado sombrio se revela como um serial killer que mata apenas outros assassinos. Dexter arrebatou uma legião de fãs que, a cada temporada, acompanhavam o seu segredo mais perto de ser descoberto pelos seus colegas policiais. Enquanto isso, o personagem fugia de inimigos tão perigosos quanto ele e, ao mesmo tempo, tentava levar uma vida normal.
Seja qual fosse o encerramento que os fãs esperavam, uma história de punição, redenção ou reabilitação, o final de Dexter não foi nem perto do que ninguém imaginou. O serial killer forjou covardemente sua morte, abandonou a família e fugiu de todo o caos que seu passageiro sombrio deixou por onde passou, incluindo a morte de sua irmã Debra (Jennifer Carpenter). As oito temporadas de Dexter (8,7 no IMDb e 71% no Rotten Tomatoes) estão disponíveis no Amazon Prime Video.
Michael C. Hall interpretando o especialista forense e serial killer Dexter
Reprodução/IMDb
8. House
O antissocial e nada simpático doutor Gregory House (Hugh Laurie) tem uma habilidade extrema para desvendar os casos mais raros e intrigantes da medicina através do instinto inigualável e de seu pensamento nada convencional. Inspirado no clássico personagem Sherlock Holmes, Dr. House também possui um fiel escudeiro e amigo, o médico oncologista James Wilson.
E é justamente por conta dessa amizade que Gregory House forja sua própria morte ao final da série – para poder estar ao lado do amigo. Contudo, esse também é um final que faz os fãs torcerem o nariz, já que pareceu bastante forçado tentar replicar o desfecho de Sherlock Holmes. Mesmo assim, a série é bem avaliada, tanto no IMDb (nota 8,7) quanto no Rotten Tomatoes (90% de aprovação). As oito temporadas de House estão disponíveis no catálogo do Globoplay.
O genial doutor Gregory House interpretado por Hugh Laurie
Reprodução/IMDb
9. Game of Thrones
Game of Thrones foi uma das grandes produções dos últimos tempos, que conquistou legiões de fãs desde a primeira temporada. Embora seu enredo tenha cenas violentas, mortes constantes e os fãs tenham aprendido a não se apegar muito aos personagens, a série fazia todos pararem na frente da TV na hora do novo episódio toda vez que uma nova temporada ia ao ar. Talvez seja por isso que o final tenha decepcionado a maior parte do público apaixonado.
Quem esperava um series finale avassalador, recebeu apenas frustrações e insatisfações. Com Daenerys assumindo a faceta de Rainha Louca e queimando Porto Real sem nenhum tipo de desenvolvimento prévio, muitos fãs ficaram revoltados. Isso sem mencionar o fato de que, no fim, o Rei dos Sete Reinos é Bran, alguém que nunca nem mesmo se importou com isso — algo considerado extremamente anticlimático. E é por conta desse status, aliás, que todos os conflitos começam na série.
A série, que tem Emilia Clarke (Como Eu Era Antes De Você), Peter Dinklage (X-Men: Dias de um Futuro Esquecido), Kit Harington (Eternos), Lena Headey (300) e Sophie Turner (X-Men: Fênix Negra) no elenco, possui nota 9,2 no IMDb e 88% de aprovação no Rotten Tomatoes. Você encontra as oito temporadas de Game of Thrones no catálogo do HBO Max.
Daenerys Targaryen (Emilia Clarke) e seu exército em Game of Thrones
Reprodução/IMDb
10. Lost
A grande pioneira dos finais decepcionantes e controversos foi a série Lost. Com uma trama instigante, a produção de seis temporadas conta a história dos sobreviventes de uma queda de avião em uma ilha tropical. Ao longo dos episódios, são apresentados flashbacks e flashforwards dos personagens, de forma que o telespectador entenda um pouco mais sobre a trajetória de cada um deles. Outras pessoas vão aparecendo na ilha e os mistérios vão aumentando em torno da história.
A série traz grande elenco, como Jorge Garcia (Hawaii Five-0), Evangeline Lilly (Homem-Formiga e a Vespa), Naveen Andrews (Sense8), Dominic Monaghan (O Senhor dos Anéis) e Maggie Grace (Busca Implacável). Embora as notas dos sites especializados sejam boas (8,3 no IMDb e 86% no Rotten Tomatoes), o incômodo final da série gera debates até hoje entre os espectadores que não o entenderam muito bem e os que entenderam e não aprovaram os rumos da trama, que está disponível no Star Plus.
Hurley (Jorge Garcia), Jack (Matthew Fox), Kate (Evangeline Lilly) e James (Josh Holloway) em Lost
Reprodução/IMDb
Com informações de Collider, Den of Geek, CBR, Game Rant, IMDb (1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9 e 10) e Rotten Tomatoes (1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9 e 10).
Saiba mais
Veja também: Amazon Prime Video: veja preço dos planos, catálogo e como funciona
Amazon Prime Video: veja preço dos planos, catálogo e como funciona 
Algumas séries populares conquistaram o público durante a exibição, mas tiveram finais que deixaram os fãs revoltados, seja por queda na qualidade ou por decisões equivocadas no roteiro; veja lista completa Séries com finais ruins são algo problemático para o público, mas quando seriados aclamados pela crítica e pelo público têm desfechos pouco inspirados, a frustração pode ser ainda maior. Afinal, é comum que os fãs acompanhem as produções por anos, aguardando novas temporadas, criando teorias e se apegando a personagens como se fossem membros da família. Tudo isso para que, no final, toda a expectativa vá por água abaixo.
Muitas das séries aclamadas pelo público e pela crítica caem na sina de entregar um final frustrante ou de gosto duvidoso para os fãs, que acabam decepcionados. Produções como Dexter e How I Met Your Mother e Game of Thrones, caso emblemático recente, são exemplos que frustraram sua audiência. Como não são raros os casos, o TechTudo preparou uma lista com 10 das melhores (ou piores) neste quesito. Contudo, é válido informar: essa lista contém spoilers massivos sobre os finais de todas as produções.
🎬 Conheça as 15 melhores séries do HBO Max que você precisa assistir agora
🔔 Canal do TechTudo no WhatsApp: acompanhe as principais notícias, tutoriais e reviews
O serial killer Dexter, interpretado por Michael C. Hall, na série de mesmo nome
Reprodução/IMDb
📝 Como rodar serviços de streaming em um PC antigo? Saiba no Fórum do TechTudo
1. How I Met Your Mother
A expectativa de How I Met Your Mother (Como Eu Conheci Sua Mãe) já começa no título. A série é narrada por Ted Mosby (Josh Radnor), que conta aos filhos como conheceu a mãe deles. Os personagens principais da narrativa são o casal Lily Aldrin (Alyson Hannigan) e Marshall Eriksen(Jason Segel), o playboy Barney Stinson (Neil Patrick Harris) e a jornalista Robin Scherbatsky (Cobie Smulders), que se envolve com Ted e Barney ao longo das temporadas.
O final decepcionante fica por conta da revelação da mãe, Tracy McConnell (Cristin Milioti), que só chega na história na última temporada. Além disso, ela não tem um final feliz com de Ted, cujo desfecho é ao lado de Robin, o que decepcionou boa parte do público. Apesar do final frustrante, a série é divertida e possui boa aprovação nos sites especializados (8,3 no IMDb e 84% no Rotten Tomatoes). As nove temporadas da série estão disponíveis no Star Plus.
Os cinco amigos Lily, Marshall, Barney, Robin e Ted no sitcom How I Met Your Mother
Reprodução/IMDb
2. Gossip Girl
A série traz no elenco artistas como Blake Lively (A Incrível História de Adaline), Leighton Meester (Este é o Meu Garoto), Penn Badgley (Você) e Ed Westwick (Linhas Inimigas) e conta a história de um grupo de jovens amigos que são atormentados pela fofoqueira desconhecida Garota do Blog.
Gossip Girl recebe nota 7,5 no IMDb e aprovação de 84% da crítica no Rotten Tomatoes, mas a maior decepção fica por conta revelação da identidade da Garota do Blog: Dan Humpfrey. E a escolha de roeito não desagradou apenas os espectadores – Penn Bagley, queinterpretou Dan, já disse abertamente não ter gostado da resolução do mistério. Segundo ele, o personagem apareceu algumas vezes sozinho se surpreendendo com as matérias do blog. A série tem seis temporadas e todas estão disponíveis na Netflix.
O casamento de Blair Waldorf (Leighton Meester) e Chuck Bass (Ed Westwick) em Gossip Girl
Reprodução/IMDb
3. The 100
Uma guerra nuclear destruiu a civilização, mas alguns sobreviventes estão protegidos em estações espaciais na órbita. Noventa e sete anos após a guerra, cem desses sobreviventes são enviados à Terra para tentar repovoar o planeta e testar as condições habitacionais por aqui. Esse é o enredo de The 100, que tem Eliza Taylor como a protagonista Clarke Griffin. Contudo, a produção da CW, que começou bem e conquistou muitos fãs, deu um nó na cabeça e nas expectativas dos devotos da série.
Um dos fatos que mais indignou os fãs de The 100 foi a morte do personagem Bellamy Blake (Bob Morley), que aconteceu de forma gratuita e sem o respeito que o personagem merecia. Outro fato que desapontou o público foi o desfecho da própria Clarke, que acabou por deixar sabor amargo na boca dos simpatizantes da protagonista. Nos sites especializados, The 100 recebe nota 7,6 no IMDb e 93% no Rotten Tomatoes, mas as últimas temporadas foram marcadas por críticas negativas de forma generalizada. Na Netflix, estão as sete temporadas da série.
Eliza Taylor, Bob Morley, Sachin Sahel, Jarod Joseph, Tasya Teles e Jordan Bolger em The 100
Reprodução/IMDb
4. Pretty Little Liars
Aria (Lucy Hale), Hanna (Ashley Benson), Spencer (Troian Bellisario) e Emily (Shay Mitchell) se reencontram um ano após o misterioso desaparecimento de Alison (Sasha Pieterse). Antes melhores amigas, o que reúne o quarteto na trama da série, no entanto, são as ameaçadoras mensagens anônimas que cada uma delas recebe de um remetente que se identifica apenas como ‘A’. E essa pessoa sabe tudo sobre suas vidas, tanto do passado quanto do presente.
Ao longo de sete anos, o público especulou quem poderia ser ‘A’ e ao final se frustrou pela identidade secreta ser de uma personagem relativamente nova na série, sem envolvimento emocional com o espectador. Apesar disso, a série possui nota 7,4 no IMDb e 81% de aprovação no Rotten Tomatoes. As sete temporadas da série estão disponíveis no catálogo do streaming HBO Max.
As adolescentes Spencer, Emily, Aria, Hanna e Alison na série Pretty Little Liars
Reprodução/IMDb
5. The Walking Dead
The Walking Dead era uma promissora série, baseada nos quadrinhos de Robert Kirkman, focada na capacidade de sobrevivência humana no meio do caos – no caso, um apocalipse zumbi. A série, que tem o xerife Rick Grimes (Andrew Lincoln) como um dos personagens principais, viveu de altos e baixos ao longo das suas 11 temporadas.
Ao se aproximar da reta final, a série ameaçou tomar um rumo para um encerramento digno e oferecer uma recompensa para os fãs que acompanharam bravamente a trama até ali. Mas ao invés de uma conclusão, os espectadores ganharam muitas dúvidas e vários spin offs para, quem sabe, obter respostas. A série está disponível nos streamings Star Plus e Netflix. Suas notas nos sites agregadores são 8,1 no IMDb e 79% de aprovação no Rotten Tomatoes.
Andrew Lincoln e Chandler Riggs como os sobreviventes Rick e Carl Grimes em The Walking Dead
Reprodução/IMDb
6. Sobrenatural
Dean (Jensen Ackles) e Sam (Jared Padalecki) Winchester são dois irmãos que seguiram os passos do pai e levam a vida caçando monstros e perseguindo demônios, criaturas misteriosas e, claro, tudo que envolve o sobrenatural na superfície. São 15 temporadas onde os irmãos lidam com os mais terríveis tipos de entidades malignas e desconhecidas da humanidade, desenvolvendo habilidades e evoluindo suas armas.
Talvez seja por isso que os fãs não tenham aceitado muito bem o final da série, onde Dean morre acidentalmente e sem muita dignidade ao limpar um ninho de vampiros. Sobrenatural está disponível nos catálogos do HBO Max e do Amazon Prime Video. Apesar do final controverso, a série é bem avaliada, com notas 8,4 no IMDb e 93% de aprovação da crítica no Rotten Tomatoes.
Os irmãos Winchester, caçadores de monstros e forças do mal em Sobrenatural
Reprodução/IMDb
7. Dexter
De dia, Dexter Morgan (Michael C. Hall) é um calado e tímido especialista em espalhamento de sangue no departamento forense da polícia de Miami. À noite, seu lado sombrio se revela como um serial killer que mata apenas outros assassinos. Dexter arrebatou uma legião de fãs que, a cada temporada, acompanhavam o seu segredo mais perto de ser descoberto pelos seus colegas policiais. Enquanto isso, o personagem fugia de inimigos tão perigosos quanto ele e, ao mesmo tempo, tentava levar uma vida normal.
Seja qual fosse o encerramento que os fãs esperavam, uma história de punição, redenção ou reabilitação, o final de Dexter não foi nem perto do que ninguém imaginou. O serial killer forjou covardemente sua morte, abandonou a família e fugiu de todo o caos que seu passageiro sombrio deixou por onde passou, incluindo a morte de sua irmã Debra (Jennifer Carpenter). As oito temporadas de Dexter (8,7 no IMDb e 71% no Rotten Tomatoes) estão disponíveis no Amazon Prime Video.
Michael C. Hall interpretando o especialista forense e serial killer Dexter
Reprodução/IMDb
8. House
O antissocial e nada simpático doutor Gregory House (Hugh Laurie) tem uma habilidade extrema para desvendar os casos mais raros e intrigantes da medicina através do instinto inigualável e de seu pensamento nada convencional. Inspirado no clássico personagem Sherlock Holmes, Dr. House também possui um fiel escudeiro e amigo, o médico oncologista James Wilson.
E é justamente por conta dessa amizade que Gregory House forja sua própria morte ao final da série – para poder estar ao lado do amigo. Contudo, esse também é um final que faz os fãs torcerem o nariz, já que pareceu bastante forçado tentar replicar o desfecho de Sherlock Holmes. Mesmo assim, a série é bem avaliada, tanto no IMDb (nota 8,7) quanto no Rotten Tomatoes (90% de aprovação). As oito temporadas de House estão disponíveis no catálogo do Globoplay.
O genial doutor Gregory House interpretado por Hugh Laurie
Reprodução/IMDb
9. Game of Thrones
Game of Thrones foi uma das grandes produções dos últimos tempos, que conquistou legiões de fãs desde a primeira temporada. Embora seu enredo tenha cenas violentas, mortes constantes e os fãs tenham aprendido a não se apegar muito aos personagens, a série fazia todos pararem na frente da TV na hora do novo episódio toda vez que uma nova temporada ia ao ar. Talvez seja por isso que o final tenha decepcionado a maior parte do público apaixonado.
Quem esperava um series finale avassalador, recebeu apenas frustrações e insatisfações. Com Daenerys assumindo a faceta de Rainha Louca e queimando Porto Real sem nenhum tipo de desenvolvimento prévio, muitos fãs ficaram revoltados. Isso sem mencionar o fato de que, no fim, o Rei dos Sete Reinos é Bran, alguém que nunca nem mesmo se importou com isso — algo considerado extremamente anticlimático. E é por conta desse status, aliás, que todos os conflitos começam na série.
A série, que tem Emilia Clarke (Como Eu Era Antes De Você), Peter Dinklage (X-Men: Dias de um Futuro Esquecido), Kit Harington (Eternos), Lena Headey (300) e Sophie Turner (X-Men: Fênix Negra) no elenco, possui nota 9,2 no IMDb e 88% de aprovação no Rotten Tomatoes. Você encontra as oito temporadas de Game of Thrones no catálogo do HBO Max.
Daenerys Targaryen (Emilia Clarke) e seu exército em Game of Thrones
Reprodução/IMDb
10. Lost
A grande pioneira dos finais decepcionantes e controversos foi a série Lost. Com uma trama instigante, a produção de seis temporadas conta a história dos sobreviventes de uma queda de avião em uma ilha tropical. Ao longo dos episódios, são apresentados flashbacks e flashforwards dos personagens, de forma que o telespectador entenda um pouco mais sobre a trajetória de cada um deles. Outras pessoas vão aparecendo na ilha e os mistérios vão aumentando em torno da história.
A série traz grande elenco, como Jorge Garcia (Hawaii Five-0), Evangeline Lilly (Homem-Formiga e a Vespa), Naveen Andrews (Sense8), Dominic Monaghan (O Senhor dos Anéis) e Maggie Grace (Busca Implacável). Embora as notas dos sites especializados sejam boas (8,3 no IMDb e 86% no Rotten Tomatoes), o incômodo final da série gera debates até hoje entre os espectadores que não o entenderam muito bem e os que entenderam e não aprovaram os rumos da trama, que está disponível no Star Plus.
Hurley (Jorge Garcia), Jack (Matthew Fox), Kate (Evangeline Lilly) e James (Josh Holloway) em Lost
Reprodução/IMDb
Com informações de Collider, Den of Geek, CBR, Game Rant, IMDb (1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9 e 10) e Rotten Tomatoes (1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9 e 10).
Saiba mais
Veja também: Amazon Prime Video: veja preço dos planos, catálogo e como funciona
Amazon Prime Video: veja preço dos planos, catálogo e como funciona techtudo 

Posted in ,
bannerrsm

photo_2023-04-04_18-00-57
Rolar para cima