Sua personalidade pode te proteger da demência

photo_2023-04-04_18-01-39

Uma pesquisa publicada na última quarta-feira (29) na revista científica Alzheimer’s & Dementia afirma que determinados traços de personalidade podem proteger uma pessoa da demência — ou aumentar o risco ainda mais. Para chegar a essa descoberta, os cientistas analisaram estudos publicados anteriormente, que ao todo incluíram 44.531 participantes (dos quais 1.703 desenvolveram a doença neurodegenerativa).

Altos níveis de colesterol bom podem aumentar risco de demência 11 fatores de risco que ajudam a prever chances de demência

Os pesquisadores analisaram dados de oito estudos, e se atentaram a cinco traços de personalidade e três aspectos do bem-estar (positivo, negativo e satisfação com a vida) em comparação com sintomas clínicos de demência com base em testes cognitivos e patologia cerebral na autópsia.

Eles descobriram que a consciência, a extroversão e o bem-estar positivo protegiam contra o diagnóstico de demência, enquanto o neuroticismo e o estado negativo eram fatores de risco. Pontuações elevadas em características como satisfação com a vida também foram consideradas protetoras.


Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.

Esse bem-estar negativo envolve condições como raiva, ansiedade, repulsa, culpa e medo, e está relacionado ao neuroticismo (instabilidade emocional). A teoria dos especialistas é que esse humor tem relação com a neuroinflamação, particularmente para pessoas com níveis elevados de beta amilóide — uma proteína associada ao Alzheimer.

Conforme sugerem os pesquisadores, a inflamação pode predispor os indivíduos a sintomas depressivos, criando um caminho entre a inflamação e fatores psicológicos.

Traços de personalidade e demência

A equipe aponta que alguns traços de personalidade podem tornar as pessoas mais resilientes à deficiência cognitiva observada na demência e que aqueles com níveis mais elevados de algumas características podem ser capazes de lidar com e contornar a deficiência.

Traços de personalidade podem proteger da demência (Imagem: NomadSoul1/Envato)

As descobertas sugerem que direcionar os traços de personalidade para uma intervenção mais cedo na vida pode ser uma forma de reduzir o risco de demência a longo prazo. O que fazer com o diagnóstico precoce de demência ainda é um desafio para a ciência.

Assim, os pesquisadores planejam expandir seu trabalho, incluindo a observação de pessoas com demência, mas com pouco comprometimento cognitivo. Eles também esperam examinar outros fatores cotidianos que possam desempenhar um papel no desenvolvimento da doença neurodegenerativa.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos Missão de ressuscitar o dodô dá mais um passo rumo à realidade Menino de 10 anos quer que Apple mude desenho do emoji de nerd Review Roku Express 2023 | A TV Box baratinha ficou melhor Volkswagen lança “certidão de nascimento” para carros antigos no Brasil Pika 1.0 é a nova versão da IA que cria e edita vídeos  

Posted in ,
bannerrsm

photo_2023-04-04_18-00-57
Rolar para cima