Snapdragon 8 Gen 4 pode ultrapassar chips da Apple em quase 40%

photo_2023-04-04_18-01-39

Novos rumores reforçam que o Snapdragon 8 Gen 4 deve finalmente colocar o desempenho dos chipset da Qualcomm à frente das soluções oferecidas pela Apple no iPhone, podendo superar o atual flagship da Maçã, o A17 Pro, em quase 40%. O segredo estaria no núcleo Oryon, promissora solução customizada da marca que promete agitar o mercado de notebooks, já confirmada para chegar aos smartphones Android em 2024. As informações também sugerem que a fabricação deve ser mantida com a TSMC, em vez de dividida com a Samsung.

MediaTek nega superaquecimento do Dimensity 9300 visto em teste OnePlus 12 passa pelo AnTuTu marcando uma das maiores pontuações do teste

Em publicação no X (antigo Twitter), o informante Revegnus, que mostrou certo nível de precisão em vazamentos, indicou que a Qualcomm estaria prestes a superar a Apple com facilidade graças aos supostos ganhos de desempenho vistos em testes internos do Snapdragon 8 Gen 4. Ao que parece, no benchmark multi-core do Geekbench 6, a plataforma estaria ultrapassando a barreira dos 10 mil pontos, marca até então vista apenas em chips para notebooks.

Qualcomm is easily surpassing Apple.

The 8G4, consuming 8 watts of power, achieves a multi-score exceeding 10k on GB6, and the GPU is also remarkable.

In simple terms, the Adreno 830 demonstrates GPU performance improvement and power efficiency at the level showcased by the…


Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

— Revegnus (@Tech_Reve) December 1, 2023

Mais importante, os números estariam sendo atingidos com consumo muito baixo de energia, de meros 8 W, faixa média em que os atuais processadores da empresa para smartphones já trabalham. Em comparação, o Apple A17 Pro, usado no iPhone 15 Pro, chega a “apenas” 7.214 pontos em média, apresentando picos de consumo de 14 W — o que dá uma vantagem de quase 40% para o próximo Snapdragon. Os ganhos são similares frente ao próprio Snapdragon 8 Gen 3, cuja pontuação fica próxima dos 7.000 pontos.

Revegnus indica que o 8 Gen 4 também brilharia em termos de processamento gráfico com a nova GPU Adreno 830, cujos avanços de desempenho e eficiência energética seriam similares aos vistos no Snapdragon 8 Gen 2, tido como o chip que oferece uma das melhores evoluções no portfólio da gigante. Apesar de não ter divulgado números desta vez, rumores anteriores sugeriam que a solução estaria marcando mais de 7.200 pontos no teste do 3DMark Wild Life Extreme, chegando a superar a média de 6.900 pontos do Apple M2.

A Qualcomm confirmou que o “próximo Snapdragon para smartphones” terá o núcleo Oryon do Snapdragon X Elite, o que dá mais crédito aos rumores divulgados por Revegnus (Imagem: Wallace Moté/Canaltech)

Se o desempenho se confirmar, essa será a primeira vez em anos que um chipset da Qualcomm terá mais potência em CPU e GPU que uma solução rival desenvolvida pela Maçã, intensificando a concorrência no segmento premium entre Android e iOS. Dito isso, como ainda estamos a cerca de um ano do lançamento, mudanças podem acontecer — vai ser preciso esperar para vermos as reais capacidades do novo Snapdragon.

Snapdragon 8 Gen 4 pode manter produção na TSMC

Paralelo a isso, “fontes da indústria” ouvidas pelo portal taiwanês Tech News sugeriram que a fabricação do Snapdragon 8 Gen 4 deve ser mantida sob total responsabilidade da TSMC, desmentindo antigos rumores que apontavam que a produção seria dividida entre a fundição taiwanesa e a Samsung. Ao que parece, o rendimento da litografia de 3 nm da gigante sul-coreana não seria suficiente para que um acordo com a Qualcomm fosse fechado.

A Qualcomm deve manter a fabricação do Snapdragon 8 Gen 4 exclusivamente com a TSMC, o que pode causar impactos nos custos, e no bolso dos consumidores (Imagem: Reprodução/Qualcomm)

Outro agravante seria a vantagem de desempenho e eficiência energética que o processo N3E de 3 nm da TSMC teria, algo que já foi observado nas últimas gerações. O exemplo mais nítido dessa diferença é o caso da evolução vista entre o Snapdragon 8 Gen 1, produzido pela Samsung, e o Snapdragon 8 Plus Gen 1, fabricado pela TSMC — mesmo possuindo o mesmo projeto, o 8 Gen 1 original esquenta mais e entrega muito menos desempenho.

No entanto, apostar 100% da produção na fundição taiwanesa terá um custo alto, que infelizmente pode acabar sendo repassado ao consumidor. Reforça essa possibilidade nada agradável declarações da própria Qualcom, que revelou acreditar que o Snapdragon 8 Gen 4 será mais caro que os antecessores. Apesar disso, assim como no caso do desempenho, é necessário aguardar para entendermos o impacto da decisão para os usuários.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos Menino de 10 anos quer que Apple mude desenho do emoji de nerd Android 14 pode dedurar quando alguém tira print de tela Pika 1.0 é a nova versão da IA que cria e edita vídeos Missão de ressuscitar o dodô dá mais um passo rumo à realidade Review Roku Express 2023 | A TV Box baratinha ficou melhor  

Posted in ,
bannerrsm

photo_2023-04-04_18-00-57
Rolar para cima