Setor de IA mente sobre não violar direitos autorais, acusa Musk

photo_2023-04-04_18-01-39

O bilionário Elon Musk criticou a postura das empresas que desenvolvem IAs generativas e alegam treinar o algoritmo apenas com materiais livres de direitos autorais: segundo o criador da Tesla, essas ferramentas “mentem” quando dizem isso e seriam abastecidas com dados protegidos por copyright. As informações são do WccfTech.

ChatGPT vaza telefones e e-mails de usuários após pedidos simples

Musk esteve presente na conferência New York Times’ Digital Events Summit, no qual a repercussão maior ficou por conta dos xingamentos que ele fez a anunciantes que boicotam o X — além das ofensas, ainda alegou uma “chantagem” das empresas que retiraram as propagandas do antigo Twitter. A conversa não ficou limitada ao tema da rede social e também teve comentários sobre o cenário atual de IA.

Críticas à OpenAI

O bilionário aproveitou a ocasião para comentar a situação vivida pela OpenAI nos últimos dias, que culminou com a demissão e a recontratação do CEO Sam Altman. Elon Musk foi um dos cofundadores do projeto em 2015, quando ainda era uma organização sem fins lucrativos, e abandonou por discordar de Altman sobre a ideia de transformá-la numa empresa de lucro limitado.


Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

“Ela foi de uma fundação open source para, de repente, uma corporação de US$ 90 bilhões de código fechado e lucrativa. Eu não sei como você sai de um lugar para o outro, mas parece, não sei, isso é legal?”, questionou Musk. Ele ainda ironizou e disse que a empresa deveria mudar o nome para “Super fonte fechada para lucro máximo em IA”.

Estrutura da OpenAI foi criticada por Elon Musk (Imagem: Mojahid Mottakin/Unsplash)

Com relação à demissão de Altman, o empresário novamente defendeu o cofundador e pesquisador-chefe da OpenAI, Ilya Sutskever, ao alegar que ele teria motivos para apoiar a demissão.

Vale lembrar que Musk e Altman não se entendem bem há alguns anos: o ponto de ruptura entre os dois foi justamente a mudança na configuração da OpenAI, e Sam Altman já debochou do bilionário sul-africano algumas vezes.

IAs e direitos autorais

Questionado sobre empresas que afirmam que as IAs são treinadas somente com materiais livres de direitos autorais, Musk foi contundente ao afirmar que isso não é verdade: “É, isso é uma grande mentira, essas IAs são todas treinadas com dados protegidos por direitos autorais, obviamente”, comentou.

Por outro lado, não revelou se a sua empresa xAI também usa a mesma estratégia para treinar a IA generativa Grok. A única informação pública sobre o treinamento do modelo revela que ele usa dados obtidos do X (ex-Twitter), mas não traz outros detalhes.

OpenAI e Meta já foram processadas em múltiplas ocasiões por grupos de autores sob a acusação de violar esses direitos, mas ainda não há uma decisão judicial sobre os casos.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos Menino de 10 anos quer que Apple mude desenho do emoji de nerd Android 14 pode dedurar quando alguém tira print de tela Pika 1.0 é a nova versão da IA que cria e edita vídeos Missão de ressuscitar o dodô dá mais um passo rumo à realidade Review Roku Express 2023 | A TV Box baratinha ficou melhor  

Posted in ,
bannerrsm

photo_2023-04-04_18-00-57
Rolar para cima