Fortaleza bate Red Bull Bragantino, acaba com jejum e fica perto da Sul-Americana

photo_2023-04-04_18-01-39

O Fortaleza encerrou um jejum de dez jogos sem vencer, nove deles pelo Brasileiro da Série A, ao bater o Red Bull Bragantino na noite desta quinta-feira (30), 2 a 1, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).

O jogo foi válido pela 36ª rodada e os donos da casa terminaram com nove em campo após duas expulsões.

Fortaleza se livra do rebaixamento

O resultado eliminou o “fantasma” do rebaixamento para os cearenses, que chegaram aos 48 pontos, agora na 11ª colocação. Mas, mais do que isso, deixou encaminhada a classificação à Copa Sul-Americana de 2024, objetivo do clube após recalcular rotas com a má fase na competição.

Mesmo se não somar mais pontos nas duas últimas rodadas, o Leão deve disputar no ano que vem o torneio do qual foi vice em 2023.

Leia mais

Vagas do Brasil na Libertadores 2024 estão definidas; veja classificados

Red Bull Bragantino garante última vaga na Libertadores pelo Brasileirão

Cruzeiro busca empate com o Athletico-PR, mas segue ameaçado no Brasileirão

Bragantino está na Libertadores, mas sem chance de título

Já a derrota, para o Bragantino, acabou com a possibilidade de título. O time parou nos 59 pontos, na sexta posição, mas a sete pontos do líder Palmeiras, com seis a disputar nas duas rodadas finais.

No entanto, como o Athletico-PR só empatou com o Cruzeiro no Mineirão, os paulistas se garantiram na Copa Libertadores de 2024. Por enquanto, a partir da fase preliminar, mas ainda com chance de chegar ao G4 e ir direto à fase de grupos.

Calebe desequilibra

O meia-atacante, ex-Atlético-MG, ganhou a posição no meio de campo do Fortaleza nas últimas rodadas, após se recuperar de lesões. Aliás, problemas físicos atrapalharam o ano do jovem jogador de 23 anos. Ele ocupou a vaga do argentino Pochettino e deu mais velocidade ao Leão, o que foi comprovado nesta noite.

No primeiro gol, uma saída errada do Bragantino fez a bola sobrar para Calebe já no campo de ataque. Ele acionou Yago Pikachu na direita, que invadiu a área e chutou para abrir o placar.

O Bragantino, até aquele momento, 13 minutos do primeiro tempo, ficava com a bola, mas não pressionava. E nove minutos depois, Calebe deu um tapinha para driblar Lucas Cunha, entrou na área e só deslocou Cleiton para o 2 a 0.

No finalzinho do primeiro tempo, Mosquera fez a jogada e tocou para Ramires, que finalizou sem muita força. A bola desviou em Sasha e entrou. 1 a 2.

Pressão e expulsões

O técnico Pedro Caixinha fez mudanças para o segundo tempo, deixou o Bragantino mais ofensivo, e chegou a pressionar o Fortaleza. Teve bola no travessão, viram o goleiro rival João Ricardo fazer defesas, e cera.

Ainda deu tempo de Pedro Augusto — volante que vem sendo criticado pela torcida do Fortaleza por ter pedido pênalti na decisão da Copa Sul-Americana contra a LDU de Quito — perder um dos gols mais feitos dessa edição do Campeonato Brasileiro. Sozinho, na frente de Cleiton, com tempo para pensar, ele chutou para fora.

Depois disso, duas expulsões para o Bragantino, por um pisão de Ramires em Pedro Augusto, e por um chute de Alerrandro em Brítez. Ambos com chamada de revisão pelo árbitro de vídeo. Ainda assim, os mandantes tiveram chance de empatar.

Próximos jogos

O Bragantino recebe o Coritiba no próximo domingo (3), às 18h30 (de Brasília), no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. O jogo será válido pela 37ª rodada do Brasileirão. No mesmo dia e horário, o Fortaleza enfrenta o Goiás na Arena Castelão, na capital cearense.

Bragantino 1 x 2 Fortaleza

Bragantino: Cleiton; Hurtado (Sorriso), Léo Realpe, Lucas Cunha e Juninho Capixaba; Jadsom, Eric Ramires e Eduardo Sasha (Alerrandro); Helinho (Matheus Gonçalves), Mosquera (Vitinho) e Thiago Borbas. Técnico: Pedro Caixinha.

Fortaleza: João Ricardo (Fernando Miguel); Tinga, Brítez, Titi e Bruno Pacheco (Escobar); Zé Welison, Caio Alexandre (Lucas Sasha) e Calebe (Pedro Augusto); Yago Pikachu, Thiago Galhardo (Lucero) e Guilherme. Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

Gols: Eduardo Sasha (48min1ºT) para o Bragantino; Yago Pikachu (13min1ºT), Calebe (22min1ºT) para o Fortaleza.

Cartões amarelos: Juninho Capixaba (Bragantino); João Ricardo, Yago Pikachu, Zé Welison (Fortaleza).

Cartões vermelhos: Eric Ramires e Alerrandro (Bragantino).

Motivo: 36ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A.

Data e horário: 30 de novembro de 2023 (quinta-feira), às 20h30 (de Brasília).

Local: Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).

Árbitro: Denis da Silva Ribeiro Serafim (AL).

Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (Fifa/RJ) e Rafael Trombeta (PR).

VAR: Wagner Reway (Fifa/PB).

Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas

YouTube
Tiktok
Instagram
Twitter

Este conteúdo foi originalmente publicado em Fortaleza bate Red Bull Bragantino, acaba com jejum e fica perto da Sul-Americana no site CNN Brasil.

 

Posted in ,
bannerrsm

photo_2023-04-04_18-00-57
Rolar para cima