Apple deve desistir de modem 5G próprio, aponta rumor

photo_2023-04-04_18-01-39

Após anos de esforços para desenvolver um modem 5G próprio para seus dispositivos, incluindo a compra da divisão da Intel responsável por isso em 2019, a Apple pode encerrar o projeto sem sucesso. A informação foi apontada por pelo menos dois leakers diferentes, que teriam entrado em contato com funcionários da marca.

Linha iPhone 16 deve ter Botão de Ação capacitivo em todos os modelos Foxconn investe US$ 1,5 bilhão em nova fábrica na Índia para produzir iPhones Modem 5G da Apple pode ser cancelado (Imagem: Divulgação/Apple)

De acordo com o perfil “yeux1122” no blog Naver, a Apple teria fracassado em suas tentativas de produzir seu próprio modem, e a marca já teria iniciado o processo de desaceleração dos investimentos na área.

Tratam-se de relatos parecidos com o que o leaker @Tech_Reve teria escutado de fontes em uma linha de produção localizada no Japão.


Siga o Canaltech no Twitter e seja o primeiro a saber tudo o que acontece no mundo da tecnologia.

Breaking News: Apple is reported to discontinue its in-house modem development.

According to multiple sources, Apple is currently in the process of streamlining investments in its 5G modem development division and workforce over the past few years.

This suggests that attempts… pic.twitter.com/VrGkFhKfqQ

— Revegnus (@Tech_Reve) November 29, 2023

A ideia da Apple era aumentar a sua independência em relação a outras marcas no desenvolvimento de seus componentes internos, o que dá maior possibilidade de a empresa customizar o hardware e promover uma integração otimizada com o software.

Componente seria utilizado em iPhones e outros produtos, mas agora tem futuro incerto (Imagem: Ivo Meneghel Jr./Canaltech)

Caso fosse efetivamente anunciado, esse modem 5G provavelmente estaria nos próximos modelos de iPhone e iPad lançados pela marca, entre outros produtos.

O maior exemplo desse processo de emancipação está na linha M de processadores voltados para os MacBooks e iPads da marca, que possibilitaram a troca das plataformas da Intel usadas anteriormente. Na prática, isso aumentou a performance geral dos produtos, além de otimizar a sua eficiência energética.

Como comentado, em 2019 a Apple chegou a comprar a divisão de modems da Intel, além de ter incorporado alguns empregados da Qualcomm para tentar acelerar o processo.

Contudo, o desenvolvimento do modem 5G tem sido marcado por muitas complicações. Como reportado pelo The Wall Street Journal, os problemas incluem a definição de metas pouco realistas de desempenho do modem, assim como a dificuldade para entender os desafios envolvidos, e mesmo a criação de protótipos inutilizáveis.

Anteriormente, foi dito que a Apple teria atrasado o cronograma de lançamento de 2023 para 2025/2026, mas ainda estava previsto que a tecnologia chegaria em um novo iPhone SE. Contudo, até mesmo essa possibilidade parece ameaçada no momento.

Leia a matéria no Canaltech.

Trending no Canaltech:

Drone flagra manobra sensacional de navio gigante no Porto de Santos Missão de ressuscitar o dodô dá mais um passo rumo à realidade Review Roku Express 2023 | A TV Box baratinha ficou melhor Menino de 10 anos quer que Apple mude desenho do emoji de nerd Star Wars revela que herói da trilogia original era secretamente rico Pika 1.0 é a nova versão da IA que cria e edita vídeos  

Posted in ,
bannerrsm

photo_2023-04-04_18-00-57
Rolar para cima