Feriado de 7 de setembro eleva em até 40% preço da passagem aérea

Pesquisa também aponta que a cidade de Porto Seguro (BA) foi o destino mais procurado para viajar no período.

Com a proximidade dos feriados de 7 de setembro (Dia da Independência do Brasil) e de 12 de outubro, o preço das passagens aéreas subiu até 40%.

É o que aponta pesquisa da Kayak, empresa especializada em pesquisa de viagens.

Por causa da pandemia da covid-19 , o levantamento traz apenas a procura e o preço das passagens para destinos nacionais.

Maceió (AL) é a cidade que registra a maior elevação de preço: 40%, saindo por R$ 1.439. A capital alagoana também computou um grande volume de buscas para quem quer viajar no feriado de 7 de Setembro: 847%.

São Paulo é o destino menos procurado pelos brasileiros (183%) e o com a passagem mais barata e com queda de 3% no preço médio de R$ 706.

Para a pesquisa, a Kayak comparou o preço médio das passagens praticado em 2019 (antes da pandemia do novo coronavírus) e em 2021. Também foram avaliados os destinos mais procurados para viajar em ambos os feriados.

Entre as passagens aéreas mais com o preço médio mais caro para o feriado de 7 de setembro, estão:

• Porto Seguro (BA) – R$ 1.523 (alta de 39%) e 1.133% das buscas realizadas na Kayak;

Entre as mais baratas, estão:

• Salvador (BA) – R$ 829 (alta de 2%) e 534% das buscas;
• Brasília (DF) – R$ 833 (alta de 10%) e 371% de procuras;
• Rio de Janeiro (RJ) – R$ 844 (alta de 8%) e 417% de buscas; e
• Porto Alegre (RS) – R$ 984 (alta de 18%) e 635% de procuras.

Preços para 12 de outubro estão até 24% mais barato

Quem vai folgar no feriado de 12 de outubro encontrará preços de passagens aéreas mais em conta do que em 7 de setembro.

Porto Seguro (BA) aparece com o preço mais elevado: R$ 1.468 (baixa de 18,60%) e totaliza 1130% de buscas.

Florianópolis (SC) tem o menor custo da passagem aérea: R$ 748 (baixa de 24,20%) e atingiu 562% das buscas.

Entre as passagens aéreas com o custo mais caro para o feriado de 12 de outubro, estão:

• Natal (RN) – R$ 1.444 (alta de 16,40%) e 623% das buscas;
• Maceió (AL) – R$ 1.312 (baixa de 10,80%) e 654% das procuras;
• Recife (PE) – R$ 1.272 (alta de 8,80%) totalizando 403% das buscas; e
• Fortaleza (CE) – R$ 1.192 (alta de 18,50%) e 371% das procuras.

Entre as mais baratas, estão:

• São Paulo (SP) – R$ 819 (alta de 9,70%) e 189% das buscas;
• Rio de Janeiro (RJ) – R$ 846 (alta de 7,90) e 248% das procuras;
• Porto Alegre (RS) – R$ 848 (baixa de 5,70%) e 283% das buscas; e
• Salvador (BA) – R$ 940 (alta de 16,90%) e 422% das procuras.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado.