Yoel Romero, que foi demitido do UFC, assina com o Bellator e vai lutar contra os meio-pesados

Pouco mais de uma semana após sua saída oficial do UFC, Yoel Romero já tem uma nova casa para lutar. O lutador cubano de 43 anos enfrentou o Bellator, principal rival do Ultimate nos Estados Unidos, na segunda-feira.

 

A notícia foi divulgada originalmente pelo site Espn. com. Segundo a reportagem, “Soldado de Deus” vai lutar contra os meio-pesados (até 93kg), categoria em que iniciou a carreira no MMA e na qual lutou pela última vez em 2011, quando sofreu sua primeira derrota, contra o brasileiro Rafael Feijão.

 

A data, local e adversário de sua estreia no Bellator ainda estão indefinidos. Romero é o segundo grande nome que o UFC lançou para assinar com o concorrente nas últimas duas semanas. Na semana passada, o meio-pesado Anthony Johnson também cancelou contrato com a organização e assinou com o Bellator para voltar ao MMA após três anos. A categoria tem outros nomes no UFC, como Phil Davis, Ryan Bader e Corey Anderson.

 

 

Yoel Romero, medalhista de prata olímpica em 2000 no wrestling de Sydney, luta MMA desde 2009 e tem um recorde de 13 vitórias e cinco derrotas. Desde sua estreia no UFC, há sete anos, o cubano é um dos pesos-médios de ponta da organização e já foi escalado para o cinturão quatro vezes. No entanto, em duas dessas ocasiões, uma das quais venceu, não conseguiu bater o peso e ficou sem título. Nas outras três vezes ele foi derrotado. Sua última luta foi contra o atual campeão Israel Adesanya, em março, e o cubano perdeu em polêmica decisão unânime.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado.