RSM

A bordo de um trem da empresa, que mudou de nome para Ferrovia Paulista S.A. (FEPASA) e é a atual Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), chegou o italiano Henrique Sammartino. O pioneiro adquiriu em 11 de abril de 1912 terras de Nicola Beneducci e Miguel Samarone e as batizou de Sítio das Palmeiras em alusão à existência de grandes árvores desta espécie no local.

Em 1925, a EFS inaugurou um posto de abastecimento de carvão no quilômetro 32 da via férrea. Em 20 de março de 1931, um posto telegráfico possibilitou formar o embrião da pequena Vila Jandira, então anexa ao município de Cotia. Nos anos de 1950, Jandira foi elevada a distrito de Cotia. Em 25 de janeiro de 1951, a União Pró-Jandira, entidade recém-criada, passou a atuar pela emancipação do distrito. Em 1958, houve um movimento de fusão de Jandira a Barueri, escorado pela lei 170/58, de 28 de abril de 1958, chamada de lei Quinquenal. A União Pró-Jandira, entretanto, manteve suas metas até conseguir, em 8 de dezembro de 1963, conquistar a autonomia.

A decisão terminou corroborada por plebiscito em 28 de fevereiro de 1964, homologado pelo então governador Adhemar de Barros e esta passou a ser considerada como a data de fundação oficial do município. Pouco mais de um ano se passou quando, em 7 de março de 1965, Oswaldo Sammartino, filho de Henrique Sammartino, tomou posse como primeiro prefeito.

As primeiras escolas da Vila Jandira, na verdade pequenas salas de aula rurais, eram improvisadas em casas alugadas, distantes umas das outras. A primeira delas, criada em 1922, chamada de escolinha do km 32, funcionava em um casarão colonial localizado na chácara de Hipólita Santana de Figueiredo, às margens do rio Barueri Mirim. A primeira instituição de ensino oficial foi o Instituto José Manuel da Conceição (que encerrou suas atividades em 1969), tendo sido inaugurado em 8 de fevereiro de 1928.

Nos anos de 1930 foi constituída a primeira instituição pública de ensino, a Escolinha Mista da Parada Jandira. Na década de 1950, Jandira ganharia mais duas escolas, uma das quais instalada em galpão de madeira localizado na Praça Doutor Nilo de Andrade Amaral (hoje praça Anielo Gragnano). Essa escola, a mais importante do distrito, recebeu o nome de Grupo Escolar Professor Vicente Themudo Lessa. Em 1966, a unidade já estava saturada, obrigando à construção de um anexo no Jardim das Palmeiras até ficar pronto, em 1973, o Centro Educacional de Jandira (atual EE Professor Vicente Themudo Lessa).

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado.